Por Caio Porthus e Greyson Assunção

Após a saída de Claudinei Oliveira, o auxiliar Luciano Gusso terá a missão de comandar a equipe tricolor. O que não se sabe ainda é por quanto tempo. Alguns dos atletas do clube já demonstraram preferirem a efetivação de Luciano, enquanto a diretoria segue a procura de um novo nome. Com 44 anos, o interino terá a partida contra o Joinville, na segunda-feira (8), para mostrar seu trabalho e convencer os diretores que merece uma chance.

Há mais de oito anos no clube, Gusso quer resultado positivo contea Joinville (Foto: Divulgação/Paraná)Há mais de oito anos no clube, Gusso quer resultado positivo contea Joinville (Foto: Divulgação/Paraná)

Luciano está nas categorias de base do Paraná há mais de oito anos, e treinou os jovens tricolores na Copa São Paulo de  Futebol Júnior de 2014. Na equipe principal desde abril, ele fala sobre a oportunidade que recebeu após a saída de Claudinei Oliveira. “É um privilégio trabalhar como treinador do Paraná Clube, me sinto à vontade por já estar aqui há bastante tempo. Trabalhei nas categorias de base, e já conheço os atletas muito bem. Ter feito parte da comissão do Claudinei durante este período também facilita bastante na função, estamos trabalhando bem e queremos conquistar um resultado positivo lá em Joinville”, disse, em entrevista à Banda B.

Num momento conturbado, que vai além das quatro linhas, Luciano sabe muito bem quais tem que ser as suas prioridades no tempo que passa com o elenco. “Procuro passar tranquilidade aos jogadores pois nosso momento é difícil. A torcida espera resultados, e nós não podemos falhar. O trabalho de treinamentos do dia a dia acontece normalmente, mas tenho feito questão de motivá-los para que consigam desempenhar seus melhores papéis”, explicou.

Apesar de deixar claro seu objetivo de manter a base montada por Claudinei, Luciano não retira as possibilidades de modificar detalhes na equipe. “Com os retornos de Alisson e Lucas Otávio, a equipe poderá ser mantida. Por enquanto ainda não confirmo nada, mas o nosso objetivo é dar continuidade ao trabalho anterior, e se necessário, trocar algo para colocar um toque meu no time”, finalizou.