Gilmar Dal Pozzo assumiu a equipe no sábado. (Allexandre Aguiar/Paraná)

Paraná Clube já tem um novo comandante que assumiu a equipe no último sábado (5), após a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta em Campinas. Gilmar Dal Pozzo chega com status de resolvedor de problemas e já traça metas para o clube paranista para a sequência da temporada.

Em entrevista ao canal do clube, o técnico afirmou que já teve desafios maiores e que o Tricolor tem como se recuperar. “Eu já tive outros desafios até mais difíceis e a gente conquistou as metas. Então eu sei da responsabilidade que eu estou assumindo com o Paraná agora e juntamente com os atletas. A palavra que eu falei para os jogadores é coragem nesse momento, nós temos que enfrentar o problema de frente, buscar solução, trabalhar de forma organizada e intensa, para buscar esse resultado”, falou Gilmar Dal Pozzo.

O técnico avaliou a situação do Tricolor, que hoje tem 29 pontos e está na 16ª colocação, sendo o primeiro time fora da zona de rebaixamento, mas está apenas quatro pontos do Figueirense. “Nosso campeonato nesse momento é com as equipes que estão atrás na pontuação, caso do Figueirense, do Náutico, Oeste e Botafogo, estes são nossos concorrentes diretos e que a gente vai enfrentar. Depois mais adiante tem o Brasil [de Pelotas] e o próprio CRB, são oito equipes que estão lutando pelo mesmo objetivo e todas elas nós vamos enfrentar”, explicou.

Sobre a situação mental da equipe, que vem de uma sequência de oito jogos sem vencer e tem problemas como a falta de confiança para conseguir reverter a má fase do Paraná Clube. “É natural que a sequencia de resultados negativos, [fica] um baixo astral em um primeiro momento. Mas com a troca de técnico os jogadores mudam rapidamente de comportamento, então a atitude nestes três dias de trabalho foi satisfatória. O primeiro passo é atitude e eles deram isso, se envolveram no trabalho e me passou muita confiança neste momento”, concluiu.