Guilherme Biteco não jogará mais em 2018. (Paraná/Geraldo Bubniak)

O meia Guilherme Biteco foi informado pela direção do Paraná que não joga mais pelo clube até o final da temporada de 2018. A alegação foi que ele precisa ser preservado para ficar bem fisicamente. Porém, o jogador garantiu que já foi liberado pelo departamento médico há três semanas e estaria pronto para jogar novamente.

Guilherme Biteco teve uma sequência de lesões desde que chegou ao Tricolor no começo de 2017. O atleta ficou quase um ano parado por conta de uma grave lesão no tendão de aquiles, sofrida em junho do ano passado. Ele retornou aos gramados em maio e disputou quatro partidas do Campeonato Brasileiro.

Durante a parada da Copa do Mundo, o meia se machucou novamente após realizar treinos por conta própria. Por conta disso, a diretoria multou o atleta. Biteco ficou mais dois meses fora, disputou 43 minutos da partida contra o São Paulo, em agosto, e saiu de campo com uma fisgada na parte posterior da perna direita

Lado do Paraná

A Banda B também procurou a direção do Paraná que confirmou a informação. Os dirigentes paranistas tomaram a decisão, em conjunto com o departamento médico, pensando em deixar Guilherme Biteco 100% fisicamente, independente se vai permanecer no clube em 2019.

Ainda segundo a diretoria, o meia, que tem contrato somente até o final do ano, não foi procurado para renovar, assim como os demais que estão com vínculo encerrando.