Gilmar Dal PozzoGilmar Dal Pozzo gostou do desempenho do Paraná no empate com o Botafogo-SP. (Geraldo Bubniak/AGB)

Apesar do tropeço na Vila Capanema contra o Botafogo-SP, o técnico Gilmar Dal Pozzo acredita que a estratégia adotada pelo Paraná deu certo. No primeiro tempo, o treinador colocou Hurtado na lateral-esquerda e apostou nas jogadas pelo lado direito do ataque. Já na etapa final, o plano foi modificado e o Tricolor conseguiu o gol de empate aos 39 minutos do segundo tempo.

“A estratégia foi bem montada. Como todo mundo viu, adiantei bastante o Paulo pelo lado direito e trouxe o Biteco com o Bressan e o Bruno na frente. Tivemos várias oportunidades pelo lado direito no primeiro tempo, segurando o lado esquerdo. O Hurtado foi bem dentro de uma ideia de jogo fazendo uma marcação forte e saindo para o jogo quando dava. Nada diferente que o Jean Victor apresentou no segundo tempo. Tenho que identificar atletas que estão com olho brilhando no dia a dia pela fase que estamos passando, mas a estratégia deu certo”, avaliou o treinador.

Resultado injusto

Com a avaliação positiva sobre o desempenho, Gilmar Dal Pozzo acredita que o mais justo era uma vitória por mais de um gol de diferença e admitiu uma autocobrança pelos resultados ruins. “O resultado não é o que a gente esperava e confesso que estou muito chateado porque a gente merecia a vitória hoje. Não é só na diferença de um gol e talvez com dois ou três de diferença pelo que produziu”, comentou.

“Tenho a lucidez para discutir desempenho. Se estou falando que a equipe foi melhor, é um fato. Quando a gente perdeu para a Chapecoense, o desempenho não foi bom. Estou muito chateado com os resultados porque é o meu pior aproveitamento na história como técnico ou jogador. Também estou me cobrando por isso. Estou tentando a melhor estratégia e vestindo a camisa deste clube, mas não está dando certo. Nunca é por falta de omissão e nunca mudei tanto a estratégia em pouco tempo. Os atletas estão entendendo isso com pouco tempo de trabalho e hoje foi prova disso”, acrescentou o técnico.

Com 33 pontos, o Paraná termina a rodada na 18ª colocação e tem pouco de preparação até a próxima partida. O Tricolor volta a campo já na próxima sexta-feira, às 19h15, no confronto direto com o Náutico, no estádio dos Aflitos.