O técnico Gilmar Dal Pozzo, do Paraná Clube, na partida contra o Brasil de Pelotas, válida pela trigésima rodada do Campeonato Brasileiro, série B 2020 (Geraldo Bubniak/AGB)

O Paraná Clube já está de volta ao foco na Série B e busca a vitória em cima da equipe do Botafogo de Ribeirão Preto na próxima segunda-feira (4), na Vila Capanema. A preparação para o jogo passa, principalmente, por um fortalecimento mental dos jogadores, que segundo o técnico Gilmar Dal Pozzo precisa de um reforço, já que a má fase vem abalando a confiança do elenco.

“Os atletas estão tendo dificuldade, é o momento que nós estamos passando de resultados negativos, e os jogadores estão sentindo bastante isso. É trabalhar forte principalmente este lado emocional, pedir o apoio dos capitães [para mudar isso]”, destacou Dal Pozzo na entrevista coletiva após a derrota para a Chapecoense.

Com apenas uma vitória em cinco jogos com o treinador a frente da equipe paranista, o Tricolor precisa voltar a vencer para poder sonhar em continuar na Série B. O Risco de rebaixamento, segundo o matemático Tristão Garcia do site Infobola, é de 73%, por isso a oscilação sofrida pelo Paraná durante os jogos precisa ser resolvida.

“Temos que ter essa responsabilidade e entender que temos que jogar os 90 minutos com qualidade e intensidade. Está oscilando e quando tu oscila o adversário se aproveita disso. A gente não se permite, neste momento, jogar mal nem que seja 5 minutos. Tem que jogar em alta intensidade, ser melhor que o adversário e quando o adversário estiver melhor, isso pode acontecer mesmo com o Botafogo-SP, é saber se defender. É ter os comportamentos com a bola e sem ela. Temos que melhorar e fazer um jogo perfeito contra o Botafogo-SP e buscar essa vitória”, finalizou Dal Pozzo.

Um dos adversários diretos do Tricolor, o Botafogo virá até a Vila Capanema, na próxima segunda-feira (4), às 17h, onde o Paraná vai buscar fazer seu primeiro desafio do ano e buscar reconquistar o caminho das vitórias.