Zagueiro Fabrício em entrevista coletiva. (Divulgação/Paraná Clube)

O Paraná Clube conseguiu voltar a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro após bater a CRB por 2 a 0 fora de casa na quinta-feira (17). Com este resultado, o Tricolor saiu da zona de rebaixamento e subiu para a 16ª colocação com 32 pontos. Para o zagueiro Fabrício, vencer foi importante, mas é preciso continuar o trabalho.

“Com certeza você entrar em um confronto direto vindo de uma vitória é muito melhor, você tem um pouco mais de confiança, de tranquilidade, para efetuar o desempenho dentro de campo. Com certeza ajuda muito essa situação, mas a gente tem que fazer prevalecer o fator casa e buscar mais essa vitória a qualquer custo”, afirmou o jogador.

Para enfrentar o Brasil de Pelotas, próximo adversário tricolor, o técnico Gilmar Dal Pozzo terá os retornos dos meias Renan Bressan e Lucas Sene, do atacante Wandson e do lateral esquerdo Juninho, que se recuperaram da Covid-19 e já treinaram com o elenco. Para Fabrício, ter um time completo é importante para as próximas partidas, que são encaradas como decisões até o fim da Série B.

“Você estar com todos os atletas à disposição do treinador é muito importante, o nosso grupo é muito forte quando todos estão prontos e aptos a jogar. A nossa força é o grupo, com certeza com praticamente todo mundo a disposição a nossa força será muito maior. Além da variedade que o professor vai ter para usar, que será maior e vai ajudar muito a gente”, declarou o atleta.

Outro retorno ao elenco será o do zagueiro Hurtado, que estava fora por suspensão. Já o defensor Philipe Maia, continua de fora se recuperando da cirurgia após fraturar o nariz, além dele, Alisson e Luiz Fernando continuam em isolamento por contraírem a Covid-19.

O próximo jogo do Paraná Clube será contra o Brasil de Pelotas, às 17h30, na Vila Capanema, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O adversário tem hoje 37 pontos e está na 13ª colocação, já o Tricolor tem 32 pontos somados e está na 17ª colocação.