Dado Cavalcanti e Zé Roberto, que passaram pelo Paraná, ajudaram o clube com informações do Bahia de Feira. (Geraldo Bubniak/AGB e Divulgação)

O Paraná buscou todos os tipos de informações sobre o Bahia de Feira, adversário desta quarta-feira (26), às 19h15, pela segunda fase da Copa do Brasil. Segundo o técnico Allan Aal, os ‘informantes’ foram os técnicos Dado Cavalcanti, atualmente está no sub-23 do Bahia, e Zé Roberto Lucini, que treinou o Luverdense na derrota por 3 a 1 para o time baiano.

“A gente conversou com alguns treinadores, especificamente com o Dado [Cavalcanti, técnico do sub-23 do Bahia] e com o treinador da Luverdense [Zé Roberto, ex-zagueiro do Paraná]. O futebol é dinâmico, tem situações inusitadas, e a gente precisa tirar qualquer tipo de informação para acrescentar aos jogadores”, declarou Aal.

“[Informações] de todos os lados: da questão técnica, da assessoria de imprensa, da diretoria, da presidência. Esse processo está sendo legal, porque está todo mundo envolvido. Isso é fundamental para as coisas fluírem”, acrescentou o treinador paranista.

Os dois têm relação com o Paraná. Dado Cavalcanti foi um dos treinadores do Tricolor na Série A de 2018 e também comandou a equipe em 2013. Já Zé Roberto, que deixou o Luverdense no último dia 10, foi zagueiro do time paranista entre 2015 e 2016.

Paraná e Bahia de Feira se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h15, na Vila Capanema. O Tricolor precisa vencer a partida para avançar à terceira fase da Copa do Brasil e ainda desembolsar R$ 1,5 milhão.

Assista à entrevista do técnico Allan Aal

Entrevista coletiva do técnico Allan Aal

Posted by Esporte Banda B on Monday, February 24, 2020