Tcheco. (Geraldo Bubniak/AGB)

Ex-técnico do Rio Branco durante a primeira fase do Campeonato Paranaense de 2020, Tcheco é um velho conhecido do zagueiro Luís Salazar, novo reforço do Paraná Clube na temporada. Além da passagem pelo time de Paranaguá no primeiro semestre, os dois também trabalharam juntos também no sub-23 do Coritiba, em 2015, quando Tcheco foi comandante da equipe de base alviverde.

Em entrevista à Banda B, durante o programa Meio-dia Esportivo, o treinador elogiou a contratação do defensor que, segundo ele, evoluiu muito desde o início da carreira do colombiano. Após a dispensa do Rio Branco, o jogador voltou da Colômbia e já treina com os companheiros no CT Ninho da Gralha desde a última quinta-feira (18).

“Tenho propriedade para falar sobre o Salazar, pois quando fui técnico do sub-23 do Coritiba ele estava no clube. Ele evoluiu muito bem quando cheguei ao Rio Branco nesta temporada, pois precisava lapidar alguns fundamentos, devido à sua grande estatura, e tenho certeza que, com a liderança dele, será um jogador muito útil ao Paraná Clube”.

Tcheco também analisou que Salazar tem potencial para brigar pela titularidade na zaga paranista. O atleta de 25 anos irá disputar posição com Thales, Everson, Hurtado, Fabrício e Guilherme Lacerda. “Não sei como estão os jogadores defensivos do Paraná, mas acredito que ele vai terminar no time titular, será apenas uma questão de oportunidade”, completou.