Marcos teve o carinho dos companheiros em sua despedida (Geraldo Bubniak /AGB)

Para dar adeus a um ídolo que tanto se dedicou ao clube, nada melhor que uma partida festiva, com arquibancadas lotadas e muita festa para comemorar o acesso à Série A. Foi assim que o goleiro Marcos, de 41 anos, se despediu dos gramados na tarde deste sábado (25), no empate em 1 a 1 com o Boa Esporte, no Couto Pereira, pela última rodada da Série B do Brasileirão.

Muito ovacionado desde o início da partida, o arqueiro retribuiu o carinho no aquecimento, recebeu placa de homenagem das mãos do presidente Leonardo Oliveira e do goleiro Richard, e fechou a carreira dando volta olímpica e sendo muito aplaudido pelos pouco mais de 37 mil presentes no Alto da Glória.

Após a partida, bastante emocionado, o goleiro enalteceu o carinho da torcida paranista e se disse surpreendido com a despedida. “Não consigo nem falar. Só tenho a agradecer a essa nação, a essa torcida que me deu força para continuar. Receber todo esse carinho, eu não conseguiria nem imaginar uma coisa como essa. Então, só tenho a agradecer”, comentou em entrevista à Banda B. “Achei que era o momento. Como eu falei, meu sonho era colocar o time na Série A. Esse ano foi fantástico. Todo mundo está de parabéns e o principal é essa torcida, que nos apoiou e deu força para conseguir o acesso”, completou Marcos.

Jogador que mais disputou jogos com a camisa do Paraná, Marcos atuou por 366 partidas pelo clube. A trajetória foi iniciada pelo Paraná em 1997, quando estreou diante do Londrina, pelo Campeonato Paranaense, entrando no lugar do goleiro Régis, que se lesionou e deixou o jogo. Ficou no Tricolor até 2002, quando foi negociado com o futebol português, pelo qual atuou por dez anos, vestindo as camisas de Marítimo, Sporting Braga e Feirense.

O goleiro retornou ao clube em 2013, sendo a principal referência do time. Neste ano, conviveu com lesões e pouco atuou, estando presente em apenas cinco partidas. No entanto, teve papel importante nos bastidores para Léo e Richard, que foram os titulares durante a temporada.