Confira os gols do empate do Paraná contra a URT-MG:

Paraná encontrou dificuldades, mas conseguiu a classificação na Copa do Brasil (Ale Vianna/Eleven/Estadão Conteúdo)

Foi sofrido, mas o Paraná está na segunda fase da Copa do Brasil. Depois de passar boa parte do jogo atrás no placar, o Tricolor empatou nos minutos finais com a URT-MG, em um a um, na noite desta quinta-feira (01), no Estádio Zama Maciel, e garantiu a classificação na competição de forma dramática em Patos de Minas-MG.

Em um primeiro tempo nada produtivo, o Paraná foi surpreendido pelo adversário logo início da partida. Aos quatro minutos, Ewerton Maradona aproveitou sobra fora da área e chutou na gaveta do goleiro Thiago Rodrigues, abrindo o placar para os mandantes. Encontrando dificuldades para furar o bloqueio adversário, o Tricolor só chegou em duas oportunidades, já na parte final. Zé Carlos e Zezinho tentaram, mas os chutes foram por cima do gol de Carlão.

O Paraná evoluiu na segunda etapa e assumiu o controle do jogo. Aos oito minutos, Zezinho arriscou de longe e o goleiro Carlão foi buscar na gaveta para evitar o empate. O Tricolor ainda tentou com Alemão, no minuto seguinte, mas o lateral-direito perdeu a grande chance da pequena área. Com o nervosismo tomando conta com o passar do tempo, o time passou a encontrar dificuldades para criar. Na parte final de partida, quando tudo parecia perdido, apareceu a estrela de Alemão. Aos 45, o lateral aproveitou sobra e finalizou de fora da área, contando com desvio na trave e nas costas do goleiro Carlão para garantir a classificação.

O Tricolor volta a campo no próximo domingo (04), às 17h, diante do Toledo, no 14 de Dezembro, pela quarta rodada da Taça Dionísio Filho. Na segunda fase da Copa do Brasil, o adversário paranista será o Sampaio Corrêa-MA, que eliminou o Independente-PA.

Paraná joga mal e URT sai na frente

Não deu tempo nem do Paraná Clube respirar em campo e a URT já deu um banho de água fria nos visitantes. Logo aos quatro minutos, após vacilo defensivo paranista, Ewerton Maradona acertou chute forte da entrada da área e mandou na gaveta, sem chances para Thiago Rodrigues, abrindo o placar.

Com dificuldades para criar, o Tricolor só conseguiu finalizar duas vezes no primeiro tempo. Aos 42 minutos, Zé Carlos recebeu lançamento pela direita, invadiu a área, mas finalizou por cima do gol. No minuto seguinte, Zezinho também arriscou, mas pegou mal e isolou.

Paraná empata nos minutos finais e avança

O rendimento paranista cresceu no segundo tempo. Precisando buscar pelo menos o empate para se classificar, o Paraná conseguiu criar as melhores oportunidades na etapa final. Aos oito minutos, Zezinho rouba e arrisca da intermediária. A bola foi na gaveta e o goleiro Carlão espalmou para evitar o empate. No lance seguinte, Alemão também teve a chance de igualar o duelo, mas chutou para fora.

A URT chegou a responder e tentou matar a partida em contra-ataque rápido, aos 11 minutos, mas o chute de Ewerton Maradona passou por cima da meta paranista.

Esbarrando no nervosismo com o passar do tempo, o Paraná começou a encontrar dificuldades para criar e abusou dos erros. Mas o destino estava entregue nos pés do lateral-direito Alemão. Aos 45 minutos, ele aproveitou rebote da defesa após cruzamento e soltou a bomba de fora da área. A bola explodiu no travessão, bateu nas costas do goleiro Carlão e morreu no fundo das redes da URT, garantindo a classificação paranista para a segunda fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
URT-MG 1X1 PARANÁ

Local: Estádio Zama Maciel, Patos de Minas (MG).
Data: Quinta-feira, 01 de fevereiro de 2018.
Horário: 19h15.
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO).
Assistentes: Marcio Soares Maciel (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO).
Público e renda: Não divulgado.

URT-MG: Carlão; Carlinhos Miranda, Rodolfo, Victor Sallinas e Ewerton Maradona (Dão); Douglas Maia, Jô, Bruninho (Thiago Pereira) e Eduardo Ramos (Diogo Orlando); Felipe Alves e Macena.
Técnico: Rodrigo Santana.

Paraná: Thiago Rodrigues; Alemão, Charles, Neris e Mansur; Leandro Vilela (Gabriel Pires), Wesley (Vitor Feijão) e Zezinho; João Paulo (Lucas Fernandes), Felipe Augusto e Zé Carlos.
Técnico: Wagner Lopes

Gols: Ewerton Maradona (URT) aos 4′ do primeiro tempo e Alemão (PRC) aos 45′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Bruninho e Douglas Maia (URT) e Leandro Vilela (PRC).