Já sem chances de conquistar o primeiro turno do Paranaense, o Paraná Clube perdeu por 1 a 0 para o Cianorte na tarde deste domingo (24) – a primeira derrota da temporada. Mesmo com mais posse de bola, o Tricolor não conseguiu transformar o domínio em oportunidades de gol no estádio Albino Turbay e o Leão do Vale aproveitou, balançando as redes com Eli e conquistando os três pontos.

Na última rodada do primeiro turno, domingo (3), o Cianorte joga em Rolândia contra o Nacional. No mesmo dia, o Paraná recebe o Paranavaí na Vila Capanema, em Curitiba.

Tricolor é melhor, mas peca na criação de jogadas

O jogo no estádio Turbay começou com um ritmo lento devido ao estudo que as duas equipes fizeram do adversário. Apesar disso, com o passar dos primeiros minutos, Cianorte e Paraná tentaram se lançar ao ataque, mas os muitos erros de passe e as faltas no meio de campo impediram que boas jogadas ofensivas fossem criadas.

A partir dos 10 minutos, o Tricolor dominou as ações do jogo, se postando no campo de ataque e trabalhando a maior posse de bola que tinha. O Leão do Vale, recuado e se defendendo das pontadas paranistas, saiu de trás nos contra-ataques pelas laterais. E desta forma, aos 22 minutos, o lateral-direito Dedoné subiu bem ao ataque e chutou cruzado, levando perigo ao goleiro Luís Carlos no primeiro lance agudo da partida.

Apesar de mais presente no campo do adversário, o Tricolor encontrou dificuldades em achar espaços para trabalhar a bola com mais qualidade e apostou em lançamentos, facilitando o desarme da defesa cianortense. Por isso, o time paranista só conseguiu finalizar em gol pela primeira vez aos 29 minutos do jogo. No lance, Aymen recebeu na área e tentou chutar tirando do goleiro, mas Paes fez a defesa com os pés.

Na parte final do primeiro tempo, a situação continuou a mesma, com o Paraná no ataque e não conseguindo finalizar e o Cianorte saindo nos contragolpes. A única chance de gol nos últimos minutos aconteceu aos 41, quando o cianortense Paulo Roberto chutou forte de fora da área e Luís Carlos, com a ponta dos dedos, colocou pela linha de fundo. Aos 48 minutos, o juiz apitou o fim da etapa inicial, de Cianorte 0 x 0 Paraná.

Cianorte é mais eficiente no ataque e balança as redes

O segundo tempo de Cianorte x Paraná começou igual à primeira etapa, com os times errando muitos passes e não conseguindo chegar com propriedade à área adversária. No entanto, o Leão do Vale levou certa vantagem com jogadas pelo lado direito e cruzamentos. E aos 12 minutos, o atacante Eli abriu o placar desta forma. O lateral Diego Dedoné foi à linha de fundo e fez o levantamento para o camisa 9, sozinho, cabecear para as redes.

Após o gol, a equipe cianortense seguiu chegando melhor ao ataque. Jogando sempre pelas extremidades do gramado, o Leão criou alguns lances que fizeram a defesa tricolor trabalhar. O Paraná, por sua vez, ganhou a posse de bola e trabalhou de um lado para o outro do campo, mas não achou brechas no bloqueio do Cianorte para agredir o adversário e buscar o empate.

Como o Paraná pouco fez na frente no momento que teve a bola nos pés, o Cianorte voltou a equilibrar a posse, apostando em Dedoné, como um ponta pela direita, para criar jogadas. Tentando igualar o placar, o Tricolor tentou ir para cima em ligações diretas entre defesa e ataque, mas os lançamentos não funcionaram.

Já nos minutos finais, o time paranista criou as melhores oportunidades de empatar. Aos 45,Rubinho cobrou uma falta no canto inferior esquerdo e o goleiro Paes colocou pela linha de fundo, evitando o gol. Na cobrança de escanteio, após bate e rebate na área, o arqueiro cianortense salvou a equipe do noroeste mais uma vez. O Leão ainda perdeu a chance de ampliar aos49, quando Paulinho desperdiçou um bom contra-ataque, e o jogo terminou mesmo em Cianorte 1 x 0 Paraná.

FICHA TÉCNICA
CIANORTE 1 X 0 PARANÁ

Local:Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR).
Data:24 de fevereiro de 2013, domingo.
Horário:16h.

Cianorte:Paes; Dedoné, Alexandre Luz (Alemão), João Paulo e Maurício; Cleiton, Digão, Paulo Roberto, Paulinho e Thiago Ferreira (Tinga); Eli (Eydison).
Técnico: Ronaldo Bagé.

Paraná:Luís Carlos; Gabriel Marques, Alex Bruno, Alex Alves e Gilton (Ângelo); Borges, Ricardo Conceição (Wellington) e Lúcio Flávio; Néverton (Rubinho), Aymen e JJ Morales.
Técnico:Toninho Cecílio.

Cartões amarelos: Cleiton, Paulinho, João Paulo, Eli, Maurício (CIA).Aymen, Alex Bruno (PRC).

Gols: Eli (CIA), aos 12 minutos do segundo tempo.