Matheus Costa foi mantido pela diretoria do Paraná (Felipe Dalke/Banda B)

O técnico Matheus Costa está garantido no cargo mesmo com a oscilação do Paraná na Série B. Após o empate com gol sofrido nos acréscimos na partida contra a Ponte Preta, o diretor executivo de futebol Alex Brasil e o presidente Leonardo Oliveira compareceram à entrevista coletiva do treinador e blindaram o profissional das críticas.

“Falar do trabalho não é só do Matheus, mas de toda a comissão que está hoje. E eu sinto que está sendo bem desenvolvido. Tem que separar trabalho de resultado. E em termos de trabalho, eu nunca vi igual. Seria uma injustiça grande colocar na conta do treinador o resultado dentro de campo. Sei da entrega de todos, mas não temos como controlar os resultados”, afirmou Alex Brasil à imprensa.

O presidente Leonardo Oliveira chamou para si qualquer responsabilidade e reiterou o trabalho da comissão técnica de Matheus Costa. “Se temos algum culpado, sou eu. Quem foi eleito para dirigir o clube fui eu e quem decide sou eu. Faltam 14 rodadas, o histórico já passamos por momentos bons e ruins. Vamos seguir o trabalho e enquanto ele for bom e tivermos a capacidade de buscar vitórias, não há porque mexer na comissão técnica”, disse.

Mesmo com a ausência de vitórias nos últimos sete jogos dentro da Vila Capanema, Alex Brasil também blindou o grupo e pediu que a torcida apoie os atletas. “Temos que levantar a cabeça. É com esse grupo que vamos até o final e contamos com o torcedor que quer incentivar, pois é disso que a gente precisa neste momento”, completou.

Confira a entrevista coletiva do Paraná:

Matheus Costa em coletiva após mais um empate na Vila

Posted by Esporte Banda B on Wednesday, September 25, 2019