Goleiro Marcos assumiu a meta no jogo com o Sampaio Corrêa em 18 de outubro. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Paraná Clube tem vivenciado um momento diferente após a troca do responsável por guardar a meta paranista nos jogos. No dia 18 de outubro, Alisson, goleiro titularíssimo do Tricolor sofreu uma lesão no abdômen e no aquecimento da partida com o Sampaio Corrêa e, às pressas, Marcos assumiu a vaga. Naquela partida, o novo camisa 1 do Paraná, fez três grandes defesas e ajudou a garantir o empate sem gols.

Já na quarta-feira (21), ainda defendendo a meta como titular, Marcos acabou tomando três gols, mas operou duas defesas contra o Cuiabá. E no último jogo, o goleiro tricolor praticamente não teve trabalho, já que o Paraná goleou com tranquilidade o Oeste por 4 a 0.

Por ter caído nas graças do torcedor, Marcos continua em alta na equipe paranista, mas seu contrato de empréstimo termina no dia 30 de novembro. O jogador pertence ao Goiás e tem contrato com a equipe esmeraldina até 31 de dezembro deste ano. O time goiano espera uma proposta do Paraná Clube, mas caso Marcos não negocie com o Goiás poderá ficar livre para conversar com o tricolor.

Retorno de Alisson

O goleiro titular do início da temporada já está praticamente recuperado da lesão sofrida em meados de outubro. Alisson começou a realizar os trabalhos de transição e pode ser opção para Allan Aal na próxima partida do Paraná Clube, que será com o Cruzeiro, no Mineirão, às 21h30, nesta sexta-feira (30). Provavelmente Marcos continue na meta ainda nesta partida para que Alisson tenha mais tempo para entrar em ritmo de jogo.