Dado Cavalcanti crê em grande responsabilidade para indicar jogadores para 2019 (Reprodução/Banda B)

Já rebaixado para a Série B, o Paraná começa a traçar o planejamento da próxima temporada com menos recursos financeiros para a montagem de elenco. Sem acreditar em uma manutenção da base atual, o técnico Dado Cavalcanti comentou sobre a responsabilidade de fazer parte do processo de indicação de novos atletas e utilização de pratas da casa, sabendo da dificuldade que a redução de recursos irá trazer.

“A responsabilidade é sempre alta. O treinador sempre terá responsabilidade e ela será julgada em cima dos resultados. A condição de mudança do patamar financeiro realmente é drástica. Não vai existir uma base mantida. O Paraná vai terminar o ano, vai fazer suas avaliações com algumas perspectivas de renovação. A vinda de alguns atletas da base vai contribuir de forma positiva para esse déficit financeiro. Esse é um trabalho que está sendo feito já. Vou fazer as minhas indicações, com algumas características específicas dos atletas, que é muito importante”, afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Independente de ter a permanência em jogo para a próxima temporada, Dado Cavalcanti pediu que os jogadores joguem a honra na reta final do Brasileirão, por ‘respeito’ à competição e ao clube. “Já vi muitas carreiras tomarem um rumo por conta de um jogo. A condição é que os jogos precisam ser interpretados como oportunidades para todos, temos que encarar dessa forma. O respeito ao campeonato e quem disputa algo é importante, mas o respeito ao Paraná é mais importante de tudo”, disse.

O Paraná ainda encara América-MG, no próximo sábado (10), em Belo Horizonte, e depois enfrenta Atlético-MG (em casa), Palmeiras (em casa, com mando em Londrina), Ceará (fora), Botafogo (fora) e Internacional (em casa).

Assista à entrevista coletiva do técnico Dado Cavalcanti:

Dado Cavalcanti em entrevista coletiva no CT Ninho da Gralha

Posted by Esporte Banda B on Thursday, November 8, 2018