Dado Cavalcanti cobrou dignidade na reta final do Brasileiro (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O técnico Dado Cavalcanti estreou com derrota no comando do Paraná, na noite deste domingo (21), com o revés para o Flamengo, por 4 a 0, na Vila Capanema, que marcou o 16º jogo consecutivo sem vitórias do time no Brasileirão. Após a partida, o comandante admitiu a situação praticamente irreversível da equipe, mas cobrou que o Tricolor jogue pela honra as oito últimas rodadas da competição.

“Já falei no vestiário que são oito jogos pela dignidade. Iremos fazer para preservar acima de tudo a instituição. Não estou acostumado a isso, uma sequência de derrotas e perder de 4 a 0 em casa, mesmo com o adversário sendo o segundo colocado. Não pode virar costume e não posso aceitar jamais que ninguém se entregue neste momento. É preciso buscar a responsabilidade e ter a visão que é necessário fazer o melhor para finalizar o campeonato com menos dor para o nosso torcedor. É o mínimo que podemos fazer neste momento”, comentou em entrevista à imprensa.

Dado Cavalcanti avaliou a situação mental do grupo como fator principal para o péssimo momento do time. “Precisava acontecer o início, eu precisava sentir e não só pegar informações. O nosso time está muito abaixo mentalmente. No campeonato inteiro o Paraná não conseguiu empatar nenhum jogo quando saiu perdendo. Os jogadores sentiram muito e com a sequência de erros e derrotas, traz um peso maior. Visualizo isso como a maior dificuldade do elenco neste momento”, disse.

Com uma semana cheia até o compromisso contra o Cruzeiro, o treinador afirmou que vai avaliar no decorrer dos treinamentos para escolher a melhor formação. “Terei um pouco mais de tempo agora. Vou buscar as alternativas dentro do próprio grupo, para tentar levar a campo o que entendo que o Paraná tem de melhor para o momento. Será mais um confronto difícil, mas as alternativas serão observadas e testadas durante a semana. Meu ponto de partida será que ninguém aceita algo pior do que foi hoje. Vamos buscar a evolução para fazer um jogo mais equilibrado”, concluiu.

O Paraná encara a Raposa no próximo sábado (27), às 21h, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte-MG, em duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Assista à entrevista coletiva do técnico Dado Cavalcanti:

Coletiva do técnico Dado Cavalcanti após a derrota para o Flamengo

Posted by Esporte Banda B on Sunday, October 21, 2018