Renan Bressan - Paraná ClubeParaná está a quatro pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento. (Geraldo Bubniak/AGB)

A situação do Paraná ficou ainda mais complicada para evitar o rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro. Após a derrota para o Náutico por 2 a 1, a chance do Tricolor cair aumentou para 83%. O cálculo é do matemático Tristão Garcia, do site Infobola.

O Paraná é o 18º colocado, com 33 pontos, e tem quatro de desvantagem para o Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Figueirense, que é o 17º, soma 36 pontos, enquanto o Náutico subiu para 38 após a vitória no confronto direto na última rodada.

Para alcançar os 45 pontos, número mágico para a permanência, o Paraná precisa ganhar quatro dos últimos cinco jogos. Porém, a pontuação para se salvar deve ser mais baixa. Atualmente, o aproveitamento do 16º colocado é de 37,4%. Se continuar assim até a última rodada, 43 pontos serão suficientes para evitar a queda.

Com a situação de momento, o Paraná não sai do Z4 precisa de mais de uma rodada para sair da zona de rebaixamento. Portanto, uma vitória sobre o CSA, nesta terça-feira (12), às 19h15, na Vila Capanema, pode deixar o Tricolor no máximo em 17º lugar.

Depois do CSA, o Paraná ainda enfrenta Sampaio Corrêa (fora de casa), Cuiabá (casa), Oeste (fora de casa) e Cruzeiro (casa).