Paraná não vence há sete rodadas na Série B. (Geraldo Bubniak/AGB)

A situação financeira do Paraná é delicada e a diretoria trabalha para quitar os salários atrasados. Mesmo com problema salarial, a preocupação dos jogadores é reverter a situação negativa dentro de campo. O Tricolor não vence há sete jogos e se afastou do G4 da Série B.

O volante Itaqui destacou que a oscilação é normal na Série B e o importante foi parar de perder. “Estamos tentando focar ultimamente no que nos agride mais, quando diz respeito ao atleta, que é a questão de campo. Nós viemos de altos e baixos na competição. Tivemos uma regularidade no começo, apesar dos empates, e o empate nos dá algo sólido quando conquista as vitórias”, comentou.

“A oscilação dentro de campo na Série B é ‘chover no molhado’. É momento de cada um para si e eu tenho feito isso nos treinamentos para melhorar em vários aspectos. É hora de lutar, ter ombridade e entender que vamos reverter a situação. Se a gente olhar para trás, são dois empates seguidos. Parou de perder e somou dois pontos. Tem que entender que voltamos a pontuar novamente há duas rodadas”, acrescentou o capitão paranista.

Já o atacante Rafael Furtado também destacou que o foco é apenas em levar o Paraná para a Série A. “Está tudo resolvido com a diretoria. Vai se acertar nos próximos dias, e isso não afeta o grupo. O grupo está focado no que quer que é o acesso e passo a passo vamos conquistar os pontos”, disse.

Para reverter o desempenho negativo, o Tricolor precisa reencontrar o caminho dos gols. A equipe tem apenas 14 gols em 18 rodadas e marcou apenas quatro vezes nas últimas nove partidas. “É muito ruim não fazer o gol e ajudar a equipe. Estamos treinando bastante as finalizações e agora é ter calma para fazer o gol. Quando sair, vai desandar e vamos continuar fazendo os gols”, afirmou Rafael Furtado.

Itaqui ainda acrescentou que o time está muito ansioso para marcar o gol. “Eu sinto o time muito ansioso para dar a alegria que o torcedor merece e o retorno que o torcedor tem nos dado, principalmente em casa. Quando tende a fazer as coisas com pressa, seja o que for, não sai muito legal. Talvez em casa a gente não está conseguindo equilibrar. A gente tem enfrentado equipes difíceis dentro de casa e o jogo de futebol se faz com equilíbrio. Nós temos que ter esse equilíbrio para dar a vitória a eles”, falou.

Assista à entrevista do volante Itaqui

Itaqui

Posted by Esporte Banda B on Monday, August 26, 2019