A zaga do Avaí tentou afastar mas a bola entrou. Foto: Geraldo Bubniak

Jogando na Vila Capanema pela primeira vez nesta Série B, o Paraná Clube venceu o Avaí por 1 a 0. O gol foi contra, marcado pelo zagueiro Victor Sallinas do Avaí, aos 39 minutos do segundo tempo. Na próxima rodada, o Paraná recebe o Juventude, sexta-feira (14), às 21h30 na Vila Capanema. Já o Avaí terá uma semana cheia para recuperar os atletas e treinar, coisa rara nesta Série B. A partida contra o Confiança, válida pela 3ª rodada, foi adiada, pois a equipe sergipana, jogará pelo Campeonato Alagoano. Na Série B, a equipe de Santa Catarina volta a campo, na próxima terça-feira (18), diante do Botafogo-SP, na Ressacada.

O técnico Allan Aal fez duas alterações em relação a equipe que estreou diante do Confiança. O lateral-direito Paulo Henrique, que testou duas vezes negativo para a Covid-19, voltou ao time titular. A outra novidade é o recém-contratado Higor Meritão, que mal chegou e começou entre os titulares no lugar do jovem Carlos Dias.

Em relação ao jogo, o Paraná sofreu novamente com a bola aérea. Em duas oportunidades no primeiro tempo, a equipe catarinense quase abriu o placar. Aos cinco minutos, Arnaldo cobrou a falta e o zagueiro Rafael Pereria subiu sozinho e cabeceou para fora. Aos 30 minutos, jogada ensaiada e o zagueiro Victor Sallinas chutou em cima do goleiro paranista, que oito minutos depois, salvou o Paraná. Valdívia fez bela jogada individual, passou por Thales e Paulo Henrique e fez o cruzamento e o camisa 1 paranista defendeu. Em todo primeiro tempo, o Paraná teve mais posse de bola, porém teve dificuldades em criar oportunidades de gol e não conseguiu finalizar na meta do goleiro Lucas Frigeri.

A conversa do técnico Allan Aal com os jogadores no intervalo, surtiu efeito. Em 10 minutos, foram quatro finalizações. A mais perigosa foi aos 10 minutos, bela troca de passes do ataque paranista, Renan Bressan rolou e Jhony Douglas soltou a bomba e a bola explodiu no travessão. A pressão paranista continuou, aos 14 minutos, Renan Bressan cobrou a falta e o goleiro da equipe catarinense, mandou para escanteio. Além das diversas oportunidades de gol, o setor defensivo do Tricolor foi pouco exigido.

Premiado

De tanto pressionar, o Paraná foi premiado pelo segundo tempo que fez. Aos 39 minutos, após  cobrança de escanteio, Betão tentou afastar mas chutou em cima do zagueiro Thales e a bola entrou. A arbitragem ao fim da partida, confirmou o gol contra do zagueiro do Avaí, Victor Sallinas. Aos 45 minutos, o Avaí quase empatou. Valdívia, livre na pequena área, perdeu a grande chance de empatar o jogo.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1X0 AVAÍ

Local: Estádio Durival de Britto e Silva, Vila Capanema
Data: Terça-feira, 11 de agosto de 2020
Horário: 20h30
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB)
Assistentes: Ruan Neres Sousa de Queiros (PB) e Schumacher Marques Gomes (PB)

Paraná: Alisson; Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Jean Victor; Jhony Douglas, Higor Meritão e Renan Bressan (Hurtado); Gabriel Pires (Andrey), Gustavo Mosquito (Juninho) e Raphael Alemão (Bruno Gomes).
Técnico:
Allan Aal

Avaí: Lucas Frigeri; Rafael Pereira, Victor Sallinas (Tucão) e Betão; Arnaldo (Yuri), Bruno Silva (Vinicius Jaú), Ralf, Valdívia e Capa; Renato (Pedro Castro) e Gastón Rodriguez (Jonathan).
Técnico: Geninho

Gol: Thales aos 40 minutos do segundo tempo
Cartão amarelo:
Gastón Rodriguez (AVA);