Confira o gol da vitória do Paraná na narração de Marcelo Ortiz:

Jenison fez o gol da vitória do Paraná sobre o Operário (Geraldo Bubniak/AGB)

O Paraná terá tranquilidade na parada para a Copa América. Em mais uma noite do artilheiro Jenison, que espantou de vez a má fase e foi decisivo mais uma vez, o Tricolor venceu o Operário, por 1 a 0, nesta quinta-feira (11), na Vila Capanema, emplacou a segunda vitória consecutiva na Série B e se aproximou do G4.

Mas a tranquilidade foi suada. Em um jogo com pouquíssimas chances para os dois lados, o time da casa teve que se superar para alcançar a vitória. Até mesmo o camisa 9, autor do gol, perdeu duas chances claras antes de balançar as redes. E, depois do gol, no apagar das luzes, Uilliam chegou a carimbar a trave de Thiago Rodrigues, por pouco não fazendo o gol de empate do Fantasma.

Com o resultado, o Tricolor foi aos 13 pontos na classificação da Série B e fica próximo do G4 durante os 30 dias de parada para a Copa América.

O jogo

O Paraná deu o cartão de visitas e indicou um primeiro tempo de pressão já nos instantes iniciais, com um chute de Luiz Otávio que raspou o travessão. Mas a iniciativa ofensiva do time da casa se restringiu a esse lance e os primeiros 45 minutos foram de poucas chances para ambos os lados.

O Operário tentou explorar as beiradas e assustar o Tricolor, mas não ofereceu riscos. Maílton, aos sete, forçou Thiago Rodrigues a trabalhar. Mais tarde, aos 15, Índio ajeitou para Schumacher na área e o chute carimbou a defesa. O Tricolor respondeu aos 24, em chute de Bruno Rodrigues, que Simão espalmou, na última boa chance do primeiro tempo.

A partida seguiu sem muito brilho na volta do intervalo, com o Operário tentando se soltar aos poucos, mas pecando nos toques finais e não conseguindo oferecer riscos para o goleiro Thiago Rodrigues.

Aproveitando o setor ofensivo falho do adversário, o Paraná buscava o artilheiro Jenison no ataque para tentar o gol, mas o camisa 9 demorou para se encontrar. Aos 15 minutos, João Pedro cruzou da esquerda e, num lance bizarro, o atacante pegou no pé de apoio e afastou a bola.

Luiz Otávio também apareceu duas vezes para tentar tirar o zero do placar. Na primeira, o chute carimbou a defesa. Na segunda, aos 29, quase surpreendeu o goleiro Simão, que escorregou e teve que dar uma “manchete” para evitar.

A paciência da torcida com Jenison começou a se esgotar novamente, aos 33 minutos, depois de receber um passe açucarado na área, fazer o giro e isolar. Mas, aos 35, ele finalmente se redimiu. Em cobrança de escanteio de Bruno Rodrigues, a defesa do Fantasma falhou e o atacante cabeceou no fundo das redes de Simão.

Mas nem mesmo o gol foi sinônimo de tranquilidade. Aos 48 minutos, a bola foi cruzada na área e Uilliam cabeceou na trave direita de Thiago Rodrigues, por pouco não empatando o jogo. Mas foi só. O Paraná venceu a segunda seguida e se recupera na Série B.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1X0 OPERÁRIO

Local: Vila Capanema.
Data: Terça-feira, 11 de junho de 2019.
Horário: 21h30.
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).
Assistentes: Alisson Lima Damasceno (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI).
Público e renda: 5.466 pagantes | 6.258 total | R$ 137.855,00.

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Juninho; Luiz Otávio, Luan (Jhonny Lucas) e Matheus Anjos (Ramon); João Pedro (Fernando Timbó), Bruno Rodrigues e Jenison.
Técnico: Matheus Costa.

Operário: Simão; Maílton, Lázaro, Sosa e Allan Vieira; Chicão (Jardel), Índio e Marcelo (Cleyton); Felipe Augusto (Uilliam), Jean Carlo e Schumacher.
Técnico: Gerson Gusmão.

Gol: Jenison (PRC) aos 38′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Rodolfo, Fernando Timbó e Ramon (PRC); Simão e Lázaro (OFEC).