Gustavo Mosquito marcou o segundo gol do Paraná contra o Confiança. (Emanuel Rocha/Futura Press/Folhapress)

O atacante Gustavo Mosquito parece finalmente ter reencontrado seu melhor futebol que o credenciou a ser contratado pelo Corinthians. Agora com uma sequência vestindo a camisa do Paraná Clube, o jogador vem se tornando peça importante do time paranista e, no empate em 2 a 2 diante do Confiança, na noite desta sexta-feira (7), na Arena Batistão, na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro, o centroavante marcou seu primeiro gol como profissional.

Mas apesar do gol marcado e de ter sido o melhor jogador em campo, Gustavo Mosquito deixou o gramado da Arena Batistão frustrado. Isto porque o Paraná vencia a partida por 2 a 0 e acabou sofrendo o empate aos 50 minutos do segundo tempo.

“A gente sai muito frustrado. Não podemos cometer esses erros, ainda mais no final do jogo. Temos que ter mais concentração. Mas foi só o primeiro jogo, temos a competição toda e temos um grande elenco. Vamos trabalhar porque terça-feira (contra o Avaí) tem outro jogo”, afirmou o jogador, em entrevista ao Sportv.

Mosquito foi a principal peça ofensiva do Paraná. E isso já vem acontecendo há algum tempo. Antes mesmo da paralisação das competições, em março, o jogador estava vindo em uma crescente. Nos dois duelos contra o Coritiba, pelo Campeonato Paranaense, o atacante fez bons jogos e, diante do Confiança, confirmou seu bom momento com maus uma boa apresentação.

Neste ano, Gustavo Mosquito fez 12 jogos pelo Paraná. Desde que deixou o Coritiba, o jogador, contratado pelo Corinthians, não havia conseguido uma sequência. No profissional, fez cinco partidas pelo time paulista, sete pelo Vila Nova e somente três pelo Oeste.