Renan Bressan comemorando o gol paranista diante do Brasil de Pelotas (Giancarlo Santorum/Banda B)

A vitória escapou por pouco. O Paraná abriu o placar aos 33 minutos do segundo tempo e com o triunfo, a equipe de Allan Aal estava reassumindo a liderança da Série B. Mas, sete minutos depois, a defesa deu bobeira e numa cobrança rápida de falta, Rodrigo Ferreira arriscou de longe, com o campo molhado, a bola bateu no gramado e ganhou mais velocidade e não deu chances para Alisson. Autor do gol tricolor, o meia Renan Bressan afirmou que ficou um gostinho amargo, pela forma que aconteceu.

“Nosso time é muito intenso né? Todos podem observar e quando aumentamos, conseguimos o gol. O empate do jeito que aconteceu, dói um pouco, pois fizemos um bom jogo e devido as circunstâncias do jogo, merecíamos a vitória. Demos bobeira no lance do gol de empate da equipe gaúcha, deixamos de levar os três pontos, mas faz parte”, avaliou o camisa 10 do Paraná.

Nesta Série B, o torcedor paranista tem passado por grandes emoções na reta final das partidas. Contra Avaí e Ponte Preta, na Vila Capanema, a vitória foi confirmada somente nos minutos finais. Diante de Confiança e a Brasil de Pelotas, ambos fora de casa, a vitória escapou na reta final das partidas. Pontos que podem fazer falta, mas o Bressan valoriza a luta e a entrega do time, em condições atípicas durante a partida. “Jogar no Bento Freitas é muito complicado e é histórico, o Brasil perde poucos pontos jogando em casa. Agora, vamos concentrar para recuperar esses pontos diante da Chapecoensse, dentro da Vila Capanema, pois é um confronto direto pela liderança e pelo G4’’, projetou Renan Bressan.

O Paraná retorna neste domingo (27), para Curitiba e já na próxima terça-feira (29), a equipe comandada pelo técnico Allan Aal, enfrenta a Chapecoense, às 21h30 na Vila Capanema. O Paraná é o vice-líder com 21 pontos e a equipe catarinense ocupa a 3ª posição com 18 pontos, porém, tem duas partidas a menos que o Tricolor.