Fabrício. (Rui Santos/Paraná Clube)

O zagueiro Fabrício teve o contrato regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está liberado para estrear pelo Paraná na Série B. Ele treina no CT Ninho da Gralha desde o final de agosto e aguardava a resolução do imbróglio na rescisão com o Veracruz, do México.

Fabrício assinou contrato de dois anos com o Veracruz, mas só ficou seis meses no México por conta dos salários atrasados. Desde que voltou ao Brasil, ele tentava a liberação para voltar a jogar. Em entrevista recente à Banda B, o diretor de futebol do Paraná, Alex Brasil, lamentou toda a situação.

“Isso vem incomodando desde que cheguei no Paraná. A Fifa está cobrando a federação mexicana e não houve resposta. Eles vão enrolar até a última instância. Fiquei muito satisfeito em saber que a Fifa já notificou exigindo que eles façam o quanto antes. Acionaram o clube copiando e-mail ao presidente da federação mexicana. Eles vão sofrer sanções se não resolverem”, comentou Alex Brasil.

O dirigente ainda ressaltou todo o profissionalismo de Fabrício, que seguiu treinando para manter a forma física. “Ele tem sido extremamente profissional, tem ajudado bastante internamente, mesmo não atuando. Estou muito contente com este grupo de atletas”, comentou.