Treinador apontou erros da equipe que levaram a derrota. (Rui Santos/Paraná)

A noite de sexta-feira (30) trouxe a derrota do Paraná Clube para o Cruzeiro, no fechamento do primeiro turno da Série B. Fora do G4, a equipe teve um início de jogo ruim e o técnico Allan Aal avaliou esta atuação, que paralisou uma reação engatada nas últimas partidas.

“Acho que o fator predominante [para a derrota] foi o início muito ruim, desconcentrado, pouco competitivo, tendo muita dificuldade de tomar a iniciativa do jogo, até mesmo em alguns momentos, encabulado, pelo fato da nossa equipe ser bastante jovem acabou sentindo. Somando todos estes fatores, tendo um resultado adverso, muito aquém daquilo que a gente esperava que era conquistar um ponto fora de casa”, destacou o treinador paranista.

Sobre a atuação de um dos principais homens de referência dentro de campo e capitão na partida desta sexta, Allan falou que Renan Bressan não teve um jogo bom por uma série de fatores e por isso acabou sendo o primeiro a ser substituído na partida.

“Hoje por coincidência, a chuva, campo pesado, uma marcação forte do Cruzeiro, características da equipe do Felipão, colocando um zagueiro como primeiro volante, ele acabou sentindo um pouco de dificuldade. Por isso a opção da troca dele, até pelo desconforto que ele vinha sentindo na coxa hoje, mas é um jogador com plena confiança, jogador que acabou não dando a confiança e não estava em uma noite inspirada, mas principalmente defensiva do Cruzeiro”, explicou o técnico.

Paraná Clube volta a campo somente na próxima sexta-feira (6) e terá uma semana para treinar. O Tricolor enfrenta na Vila Capanema o Confiança, às 21h30. Jogo que pode se tornar um duelo de seis pontos, caso o Alviceleste vença a Chapecoense neste sábado (31), no complemento da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B