Allan Aal ressaltou o espírito dos jogadores do Paraná durante as partidas. (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Allan Aal entende que o Paraná poderia ter saído com a vitória no empate em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, mas valoriza o ponto conquistado contra um adversário que vem de uma sequência sem derrotas na Série B do Campeonato Brasileiro.

“Campo pesado, adversário difícil, muita chuva e muito contato físico. A gente lamenta não ter saído com os três pontos pelas circunstâncias da partida, mas valorizo o ponto conquistado contra um adversário que vinha de bons resultados e queria se recuperar na tabela. É importante manter o nível de competitividade. Não abrimos mão de envolver o adversário e conquista a vitória, independente de ser em casa ou fora”, analisou o treinador, em entrevista à Banda B.

Apesar do jogo fora de casa, o Tricolor buscou o resultado positivo durante a partida. Aal ressaltou o espírito dos jogadores em sempre buscar os três pontos. “Esse espírito de vencer e buscar a vitória dentro e fora de casa vai da maneira que a gente trabalha durante a semana. O comprometimento deste grupo vem dando resultado e a gente espera que esse resultado nos leve ao principal objetivo”, disse.

O Paraná voltou a campo após 12 dias apenas de treinamentos. Para o treinador, o tempo foi importante para recuperar os atletas e corrigir alguns erros. “Alguns atletas acabaram de chegar e sentiram a intensidade que a gente trabalha e joga. Esse tempo serviu mais para isso, recuperar os atletas e fazer alguns ajustes. Melhoramos na bola parada, mantivemos a posse de bola e a evolução vem desde a primeira rodada”, comentou.

Com 22 pontos, o Paraná é o vice-líder da Série B e está apenas um ponto atrás do Cuiabá. Na próxima rodada, o Tricolor tem confronto direto com a Chapecoense, na terça-feira (29), às 21h30, na Vila Capanema.