Matheus Costa é o novo técnico do Operário (Geraldo Bubniak /AGB)

Depois da derrota para o Cruzeiro, nesta terça-feira (20), por 1 a 0, o Operário anunciou a demissão do técnico longínquo, Gersinho Gusmão. O ex-comandante do Fantasma estava há oito jogos sem vitória, com 4 empates e 4 derrotas. O novo nome do alvinegro é Matheus Costa, ex Paraná Clube e que estava comandando o Paysandu, pela Série C.

Matheus tem um retrospecto ruim na sua última equipe, no Curuzu foram quatro partidas e nenhuma vitória, com dois empates e duas derrotas. Mas para o presidente do Operário, Alvaro Goes, o treinador tem total condições de melhorar a situação do Fantasma na Série B.

“Eu acho que é um grande treinador, um cara que teve experiência de Série B, subiu com o Paraná, então é importante. Eu acho que vem para nos ajudar nesse momento difícil que o Operário está atravessando. Tem um time bom, mas as coisas não conseguem engrenar. Enfim, eu acho que é um bom nome e tenho certeza que o Operário está bem servido”, destacou o presidente do Fantasma.

Junto com o técnico, integra a comissão técnica do Operário, o preparador físico Rodolfo Mehl, que também estava no Paysandu e tem passagens por Athletico, Coritiba, Paraná. Matheus Costa será apresentado amanhã para a imprensa e comanda o primeiro treino antes da viagem para Chapecó, onde enfrenta a Chapecoense, na sexta-feira (23), às 21h30 na Arena Condá.