Wilson desfalcará a equipe nos próximos jogos (Divulgação/Coritiba)

Um dia após a perda do título da Taça Barcímio Sicupira Júnior, o Coritiba já tem um problema para a disputa da o segundo turno do Campeonato Paranaense. Com uma lesão na mão, o goleiro Wilson terá que passar por cirurgia e será desfalcará a equipe por até dois meses.

O problema acompanhou o goleiro nos dois últimos jogos decisivos, contra o FC Cascavel na semifinal, e contra o Toledo, na decisão do turno. O executivo de futebol alviverde, Rodrigo Pastana, explicou que o procedimento será feito o quanto antes para evitar problemas maiores.

“É uma lesão grave que pode se tornar crônica. A lesão aconteceu no jogo com o Operário. Ele não queria operar de maneira alguma, mas foi feito alguns exames e pode ser tornar crônico em algumas semanas. Nós optamos por fazer cirurgia agora e a recuperação vai de seis a oito semanas”, disse Pastana em entrevista coletiva.

Wilson completou 200 jogos com a camisa do Coritiba no último domingo (24), em duelo que acabou empatado em 1 a 1 no tempo normal e vencido pelo Toledo nos pênaltis, no Couto Pereira. Com a sua ausência, Rafael Martins deverá ser o titular da equipe nos próximos compromissos.