Wilson tem contrato com o clube até dezembro de 2020 (Divulgação/Coritiba)

Titular absoluto e um dos grandes nomes da equipe, o goleiro Wilson tem chamado a atenção por suas atuações no Campeonato Brasileiro. Com mais três temporadas de contrato com o clube, o camisa 84 manifestou o desejo de encerrar a camisa com a camisa alviverde, mas evitou falar sobre permanência, colocando o futuro nas eleições que acontecerão no mês que vem.

“Eu tenho contrato até 2020 com o clube. Falei que o meu pensamento sempre foi permanecer por muito tempo, quem sabe até encerrar a carreira aqui. Mas sempre comentei também que no futebol as coisas mudam rápido. Temos eleição agora no final do ano e não sabemos o que poder acontecer. Tinha uma história no Figueirense e, depois de uma eleição, com mudanças internas, decidiram pela minha saída”, comentou Wilson em entrevista coletiva.

Ídolo da equipe catarinense, o goleiro deixou o clube em 2012, quando Wilfredo Brillinger assumiu a presidência. Na ocasião, Wilson foi afastado do time e conseguiu a rescisão contratual através da Justiça do Trabalho.

Ainda sem propostas para deixar o time na próxima temporada, o arqueiro deixou o futuro nas mãos dos empresários e da diretoria alviverde, mas realçou o discurso de permanência. “Assinei com um pessoal novo para gerir minha carreira, um pessoal de Curitiba, mais próximo e que pode me acompanhar de perto. Sempre vão ver o melhor para mim, mas vamos pensar também no futuro do Coritiba. Mas o meu pensamento é me manter no clube por muito tempo e continuar essa história bacana que eu venho tendo aqui”, finalizou.

Há três temporadas no clube, Wilson já disputou 136 partidas com a camisa alviverde. Além de ídolo debaixo das traves, também já marcou dois gols, sendo um de cabeça pelo Campeonato Paranaense do ano passado e um em cobrança de pênalti, na goleada sobre o Avaí, por 4 a 0, no último dia 4, pelo Brasileirão.