Wilson completou cinco anos no Coritiba. (Divulgação)

Um dos principais ídolos da torcida, o goleiro Wilson completou cinco anos no Coritiba. Em entrevista à Banda B, o camisa 84 elegeu a vitória nos pênaltis sobre o Belgrano, nas oitavas de final da Copa Sul-Americana de 2016, como o mais marcante pelo Coxa.

“É muito difícil lembrar depois de tantas partidas marcantes. Um dos principais jogos foi aquele do Belgrano até pela importância que teve para o clube. É um dos jogos marcantes na minha história no clube”, lembrou Wilson.

A partida é marcante não apenas para o goleiro, mas também para o Coritiba. Depois de perder no Couto Pereira por 2 a 1 no jogo da ida, o Coxa tinha a missão de reverter o placar na Argentina. Mesmo com o estádio Mário Kempes, em Córdoba, lotado, a equipe comandada por Paulo César Carpegiani não se intimidou e devolveu o mesmo placar. Nos pênaltis, Wilson foi o herói ao converter a quinta cobrança e ainda defender as penalidades de Luan e Alvaro Suárez.

Futuro no Coritiba

Wilson tem contrato com o Coritiba somente até o final de 2020. Ele espera realizar uma boa temporada com a camisa coxa-branca para depois discutir o futuro. “Meu contrato termina no final desse ano. Quando voltarem os jogos, procurar fazer um grande ano e pensar primeiramente no estadual, se voltar, para conquistar o título. Depois, fazer um grande Campeonato Brasileiro e encerrar o ano bem para depois ver o que o futuro nos reserva”, comentou.

Recorde de jogos

Com 212 jogos, Wilson é o quarto goleiro que mais vestiu a camisa do Coritiba. Ele está atrás somente de Jairo (410), Vanderlei (301) e Hamilton (233). Mesmo com o futuro indefinido, o goleiro acredita que pode alcançar o recorde de Jairo. “Dá para alcançar, nada é impossível, mas a gente não sabe o que o futuro nos reserva. O trabalho no dia a dia está sendo feito para fazer o meu melhor e alcançar novas marcas pelo clube. É complicado, mas nada é impossível”, disse o camisa 84,