Umberto Louzer. (Geraldo Bubniak/AGB)

Metade do objetivo foi atingido. É desta forma que tem sido tratada a campanha do Coritiba na primeira metade da Série B. Após a última rodada do turno, o técnico Umberto Louzer lamentou o empate com o Vitória, em 1 a 1, no Couto Pereira, mas se disse satisfeito com o alcance da meta traçada pela comissão técnica.

“A gente nunca supervaloriza as vitórias e sabe valorizar o revés. Hoje saio satisfeito com o desempenho, mas não com o resultado. Vendo a insatisfação dos atletas, isso mostra que estamos no caminho. Estou feliz, pois tínhamos uma meta de alcançar a marca dos 30 pontos”, avaliou o treinador em entrevista coletiva.

Apesar do empate, Louzer fez uma avaliação positiva da atuação da equipe na partida contra o Vitória, com direito a três bolas na trave e destaque do goleiro da equipe baiana. “Foram números que criamos. Sabíamos que o time vinha de quatro jogos sem sofrer gols, que viria com uma proposta defensiva. Poderíamos ter feito um placar mais elástico no primeiro tempo, era natural pelo que construímos. Infelizmente fomos punidos com um chute que desviou e acabou no gol de empate. Lamentamos por aquilo que produzimos, mas passamos da barreira dos 30 pontos e terminamos o turno dentro do G4”, comentou.

Sem revelar as próximas metas traçadas para a sequência da Série B, Umberto Louzer mantém os pés no chão e projeta um returno difícil. “As equipes vão se conhecendo e vamos buscar variações. Hoje temos uma maneira de jogar. Saímos insatisfeitos com o resultado, mas tem que ver o que esses atletas têm construído. Lá na frente vamos colher tudo o que plantarmos com o retorno à primeira divisão”, concluiu.

Confira a entrevista coletiva do técnico Umberto Louzer:

Posted by Esporte Banda B on Tuesday, August 27, 2019