Frase de protesto contra o presidente Samir Namur. (Divulgação/Coritiba)

Insatisfeita com o momento do clube na temporada, a torcida do Coritiba pichou o muro do estádio do Couto Pereira neste domingo (04). O ato de vandalismo aconteceu um dia depois da derrota para o Guarani por 2 a 0, resultado que praticamente encerrou as chances de acesso para a Série A. A imagem do protesto contra o presidente Samir Namur viralizou nas redes sociais.

A reportagem da Banda B esteve na frente do estádio por volta das 16h e três funcionários do clube já tinham retirado os protestos.

Faltando apenas quatro rodadas para o término da Série B, o Coritiba é apenas o 10º colocado, com 46 pontos. O Coxa ainda tem uma mínima chance de acesso para a primeira divisão. Para isso, precisa vencer as últimas quatro partidas e torcer por uma combinação de resultados.