Alguns torcedores do Coritiba estão realizando um abaixo-assinado para tentar impedir o adiamento das eleições do clube, que seria, originalmente, em dezembro. Porém, em setembro o conselho definiu para que fosse realizada somente em 2024. A alegação foi para que se tivesse tempo hábil para se mudar o estatuto e também consolidar a SAF.

Porém, a decisão é vista por alguns sócios do Coxa como um conflito de interesses. O grupo, chamado Coritiba de Todos, então resolveu criar um abaixo-assinado on-line para reverter a decisão, por ir contra o estatuto do clube.

Esta ação, que consideramos ditatorial e sem embasamento jurídico, foi realizada em benefício próprio dos membros e não pensando na coletividade coxa-branca. O artigo 44, I do atual Estatuto Coxa estabelece eleições a cada 3 anos, sendo obrigatória a sua realização na 1ª quinzena de dezembro que finda o triênio. A nossa irresignação se dá em razão da perda do direito ao voto pelo sócio do Coritiba, garantido inclusive pelo Art. 58 do Código Civil”, diz parte da nota.

Grupo precisa de mais de três mil assinaturas

Para poder seguir adiante com o pleito, o manifesto precisa conseguir um quinto de assinaturas dos sócios adimplentes para poder convocar uma Assembleia Geral e tentar reverter a decisão. Segundo a última divulgação do Coritiba, o número de adimplentes é de 15.896. Ou seja, serão necessárias aproximadamente 3.200 assinaturas.

Até aqui, já foram recolhidas mais de mil assinaturas, de forma on-line e presencialmente. No sábado passado (11), integrantes do manifesto reuniram assinaturas em frente à Vila Capanema, antes da partida contra o Cruzeiro.

Atual diretoria do Coritiba

Atualmente, o G5 do Coritiba é composto pelo presidente Juarez Moraes e Silva, que está afastado desde novembro do ano passado por problemas de saúde, Glenn Stenger, Osíris Klamas, Jair José de Souza e Maurício Gulin.

O quinteto tem mandato até dezembro e sem as eleições serão substituídos por Jamil Ibrahim Tawil Filho, presidente do Conselho Deliberativo. Após a definição do novo Conselho, a associação do Coritiba terá uma cadeira no Conselho de Administração da SAF, que é atualmente representada pelo ex-presidente Vilson Ribeiro de Andrade.

Coritiba de todos
Abaixo-assinado precisa reunir mais de três mil assinaturas. Foto: Divulgação/Coritiba de Todos

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Torcida do Coritiba realiza abaixo-assinado por causa de eleições no clube

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.





    Quer ter acesso às notícias da Banda B direto no seu celular?

    Clique aqui e siga o Canal Banda B no WhatsApp.