Walter deu a assistência para o gol do CSA. (Geraldo Bubniak/AGB)

O atacante Walter comemorou o empate do CSA com o Coritiba em 1 a 1 e ainda aproveitou para provocar o adversário que se complicou na briga por uma vaga na Série A.

“Antes de começar o campeonato, todo mundo falava que o Coritiba era o primeiro time a subir. Com esse empate, a gente tirou quase 100% o Coritiba da Série A. É menos um concorrente”, declarou o atacante do CSA, em entrevista à Banda B.

A partida contra o Coxa marcou o retorno de Walter aos gramados após três meses se recuperando de lesão. Ele já havia sido relacionado na derrota para a Ponte Preta, mas não entrou em campo. “Eu tive que ficar parado quase três meses por lesão. Estou feliz e tenho que agradecer pela confiança para esse jogo difícil. Agora é pegar ritmo de jogo para realizar o sonho de colocar o CSA na Série A”, disse.

Já o técnico Marcelo Cabo ressaltou que toda a preparação foi justamente para o retorno de Walter no confronto com o Coritiba e destacou o empenho do atacante nos treinamentos. “Walter chegou em um momento muito bom, quase o que passou em clubes anteriores. Ele perdeu 8 kg, percentual de gordura e se machucou quando estava bem. Estávamos trabalhando com o Walter há um mês para que voltasse no jogo do Coritiba. Nós antecipamos para o jogo da Ponte Preta para dar o vestiário e questão de adaptação. Ele é um cara fora da média e é o único que consegue jogar com esse peso”, comentou.