Há pouco mais de uma semana, o técnico Fábio Matias estreava no comando do Coritiba no empate em 1×1 com o Goiás. Passados oito dias, ele já tem dois jogos na função, com uma vitória e um empate, e vai contando com o apoio dos torcedores nesse início de trabalho.

Nas redes sociais e, principalmente, nas arquibancadas do Couto Pereira, na vitória por 1×0 sobre o América-MG, pode se ver esse voto de confiança, que também é recíproco. O treinador elogiou o que viu no Alto da Glória e quer retribuir com um time aguerrido em campo.

“Já conhecia a torcida do Coritiba, sei do amor que ela tem e que ela vai fazer a parte dela. Mas temos que fazer a nossa parte. A torcida precisa de referências e tem que ser esse time, organizado, guerreiro, com cumplicidade com aquilo que o torcedor espera“, afirmou.

Trabalho com elenco do Coritiba

Para conseguir manter o nível de atuação apresentado contra o Coelho, Fábio Matias aposta no seu método de trabalho, fugindo apenas do trabalho tático, mas também mantendo o grupo motivado o tempo todo.

50% tem que ser gestão e 50% de conhecimento técnico e tático. Só o conhecimento não dá certo. É um trabalho que vem sendo feito. E vestiário é gestão, a gestão do plantel é importante. Nosso grupo é jovem, em alguns momentos do jogo a gente quer acelerar demais, temos que ter o equilíbrio. Mas essa energia é boa, contagia os outros atletas”, completou o técnico.

Fábio Matias, técnico do Coritiba
Fábio Matias quer dar uma identidade ao time do Coxa. Foto; JP Pacheco/Coritiba

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Fábio Matias quer criar “identidade” no Coritiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.