Rafael Martins. (Osmar Antônio/Banda B)

Com a suspensão de Alex Muralha, Rafael Martins terá a primeira oportunidade como titular do Coritiba na temporada justamente no clássico contra o Paraná. Em entrevista no CT da Graciosa, o goleiro, que só jogou em 2019 pela equipe de aspirantes, afirmou que vai encarar o Paratiba como o “jogo da vida”.

“Para mim, vai ser o jogo da minha vida. Ano passado, até da minha parte, faltou pouco mais de mim, apesar que foi difícil para o clube. Todo mundo sabe da importância do clássico e vou encarar com a chance da minha vida”, declarou Rafael Martins.

O goleiro está no Coritiba há 13 anos, mas vai apenas para seu oitavo jogo como titular. A única vez que teve uma sequência foi na reta final da Série B do ano passado, com a lesão de Wilson. Ele mesmo admite que deixou a desejar em 2018 e espera se redimir a torcida. “Não preciso mentir para ninguém, ano passado deixei a desejar um pouco, mas o momento era difícil. O time esse ano é mais unido e pode me ajudar. É tudo diferente e tenho certeza que vai dar tudo certo”, comentou.

Depois do clássico na Vila Capanema, o Coritiba terá duas partidas em casa contra Guarani e Criciúma. Para Rafael Martins, a vitória sobre o Paraná será importante por ser um concorrente direto pelo G4 e para ganhar confiança para a dobradinha no Couto Pereira.

“É importante ganhar até porque os dois estão brigando para estar no G4. O grupo está focado para conquistar a vitória lá”, declarou o goleiro. “A gente sabe a importância da nossa torcida e uma vitória contra o Paraná vai nos dar muita confiança para conquistar as duas vitórias em casa”, complementou.

Assista à entrevista do goleiro Rafael Martins

Entrevista do goleiro Rafael Martins

Posted by Esporte Banda B on Tuesday, October 1, 2019