Coritiba começa pressionado, mas reage na segunda etapa só que não consegue converter os gols. (Geraldo Bubniak/AGB)

Coritiba fica só no empate sem gols no Couto Pereira neste sábado (5) com o Bragantino, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro e garante um ponto na Série A. Com o resultado o Verdão soma 21 pontos conquistados, mas continua na 18ª colocação, já o Bragantino sobe momentaneamente para a 14ª posição com 28 pontos.

O próximo compromisso Coxa-branca é contra o Sport Recife, adversário direto do Alviverde, na Ilha do Retiro, no domingo (13), às 18h15, pela 25ª rodada do Brasileirão. O Verdão vai sofrer com as ausências de Sales, Galdezani e William Matheus, suspensos pelo terceiro amarelo, além de estar sob a pressão de uma sequência de cincos jogos sem vencer.

O jogo

No Couto Pereira com o gramado pesado após um dia inteiro de chuva, o Coritiba começou sofrendo a pressão do Bragantino. Claudinho e Ytalo trouxeram lances de perigo nos minutos iniciais e Wilson precisou trabalhar cedo na partida. Aos 21, na investida coxa-branca Galdezani costurou toda a zaga e mandou para Mattheus Oliveira arrematar, o atacante bateu, mas a bola foi mascada e parou nas mãos do goleiro Cleiton.

Aos 30 minutos da primeira etapa o Alviverde conseguiu um pouco mais de volume de jogo, mas o toque final precisava de mais capricho. Galdezani chegou pegando a sobra do bate e rebate e acabou isolando, em seguida, a equipe de Curitiba arrematou de novo com Rafinha.

Sem grandes chances pelo lado do Coritiba, o Bragantino envolveu os mandantes e Bruno Tubarão e Ytalo continuaram dando trabalho para Wilson, com arremates cruzados e batidas de fora da área.

No retorno à segunda etapa, nenhuma mudança em ambas as equipes, o técnico Rodrigo Santana acreditava que o 11 ideal havia sido escalado e manteve sua escolha. Aos 10 minutos, Ricardo Oliveira achou Rafinha na direita, o atacante veio carregando a bola, adiantou ela e acabou escorregando no gramado e acabou perdendo a posse.

Claudinho era o jogador do Bragantino com maior potencial de criação e comandava o ataque invadindo a área coxa-branca. Mas o Coritiba tinha Wilson que salvava as investidas do Massa Bruta. Só que sem criar, o Verdão sofreu a segunda etapa inteira com a intensidade do Braga que não dava sossego para a linha defensiva.

Rodrigo Santana trocou toda a linha ofensiva, para tentar dar mais agilidade e efetividade ao ataque, mas não obteve sucesso nas alterações. O ataque não funcionou e a partida terminou empatada sem gols no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0X0 BRAGANTINO

Data: sábado, 5 de dezembro
Local: Couto Pereira, em Curitiba
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Árbitro de Vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes de VAR: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Coritiba: Wilson; Mailton (Jonathan), Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Sales, Galdezani e Mattheus Oliveira (Bryan Lucumí); Rafinha (Yan Sasse), Robson (Osman) e Ricardo Oliveira (Pablo Thomaz).

Técnico: Rodrigo Santana

Bragantino: Cleiton, Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Luan Cândido; Raul, Lucas Evangelista e Claudinho; Morato (Ramires), Bruno Tubarão (Cuello) e Ytalo (Alerrandro).

Técnico: Maurício Barbieri

Cartões amarelos: Rhodolfo, William Matheus, Galdezani e Sales (CFC); Morato, Bruno Tubarão e Evangelista(BGT)