Presidente abriu o jogo e revelou nomes que podem reforçar o Coritiba. (Monique Vilela/Banda B)

Com a definição do técnico Eduardo Barroca como novo comandante do Coritiba, a diretoria segue forte no mercado para reforçar bem seu elenco para a temporada de 2020. O presidente Samir Namur, em entrevista aos canais de comunicação do clube, confirmou que tentou a contratação do atacante Vagner Love, do Corinthians, e afirmou que os acertos com o meia Guerra, ex-Palmeiras e Bahia, e com o atacante Berrío, do Flamengo, estão encaminhados.

Segundo Samir Namur, o Coritiba buscou a contratação de Vagner Love, mas o Corinthians não liberou. Com o atacante Berrío as conversas estão em andamento. Já com o meia Guerra, que vestiu a camisa do Bahia em 2019 e pertence ao Palmeiras, há um acerto adiantado. “Com o Guerra não é talvez e há uma boa chance de sim”, confirmou.

Ainda sobre reforços, Samir Namur confirmou a contratação do zagueiro Rodolfo, do Paraná Clube, mas descartou o acerto com o volante Lucas Cândido, que defendeu o Vitória e pertence ao Atlético-MG. O dirigente afirmou ainda que há uma conversa adiantada com um jogador que defendeu as cores do Bragantino, campeão da Série B, deste ano.

Namur também afirmou que a ideia da diretoria é, em 2020, ter mais qualidade do que quantidade no seu elenco. Em 2019, o clube chegou a trabalhar com 36 atletas, mas a ideia é começar a temporada com no máximo 27 jogadores.

“Por isso estamos falando em jogadores e em contratações com um patamar até mais alto, como Berrío, Guerra. São jogadores desse porte. A ideia é finalmente fazer contratações pontuais, ter uma base com esses atletas que se destacaram na Série B e com jogadores da nossa base. Aí você consegue ir ao mercado e trazer jogadores com patamar salarial mais alto e com qualidade mais alta também”, emendou.

Renovações

O presidente Samir Namur confirmou que as renovações dos contratos dos zagueiros Nathan Ribeiro e Sabino, do volante Matheus Sales, do meia Giovanni e do atacante Wanderley estão encaminhadas, faltando apenas assinar os novos acordos. O goleiro Wilson vai retornar de empréstimo do Atlético-MG e, a princípio será integrado ao elenco. O dirigente comentou ainda que a permanência do goleiro Alex Muralha depende de uma conversa com o Flamengo, mas admitiu que o clube não vai fazer loucuras e não pretende trabalhar com dois goleiros com salários mais altos.

O volante Matheus Galdezani também vai retornar de empréstimo e, apesar do salário mais alto, deve ficar no Coritiba. O atacante Guilherme Parede, depois de uma temporada no Internacional, teve seu retorno confirmado, mas Samir Namur afirmou que o jogador tem propostas de outros clubes do Brasil e do exterior.

Centroavante

Samir Namur afirmou que está em busca de um centroavante para substituir Rodrigão. Segundo ele, a ideia é trazer um nome de peso e que seja bastante conhecido no cenário do futebol brasileiro. As conversas estão em andamento e esse jogador deve ser oficializado nas primeiras semanas de janeiro. A ideia, de acordo com o mandatário, é conseguir trazer quatro reforços de peso para a temporada de 2020.

Rafinha e Yan Couto

Samir Namur afirmou que o meia-atacante Rafinha ainda não definiu sobre a sua aposentadoria. O mandatário, no entanto, acredita que o camisa 7 seguirá no Coxa em 2020. Sobre Yan Couto, o dirigente afirmou só haverá negociação caso o clube possa lucrar 5 milhões de Euros, pelo menos. Lateral-esquerdo Kazu, que estava no Grêmio, poderá ser envolvido em possível negociação com dois atletas que viriam de empréstimo do tricolor gaúcho.