Por Pedro Melo 

Atlético e Coritiba se enfrentaram na primeira fase e terminou com vitória do Rubro-Negro. (Estadão Conteúdo)

Atlético e Coritiba iniciam a disputa da 17ª final entre as duas equipes no Campeonato Paranaense e o confronto marca oito títulos para cada um. Para a grande decisão, a dupla Atletiba chega em momentos distintos e situações opostas dentro do estadual.

Campanhas no estadual

O Coritiba viveu uma campanha turbulenta com oscilação dentro de campo e até mudança de treinador com a entrada de Pachequinho na vaga deixada por Paulo César Carpegiani. Mesmo com a irregularidade, o Coxa terminou a primeira fase em segundo lugar e se tornou dono da melhor campanha após a eliminação do Paraná nas quartas de final.

Já o Atlético sempre deixou o estadual em segundo plano para se dedicar à Copa Libertadores e usou o time titular em apenas duas rodadas. Com apenas duas vitórias, o Rubro-Negro contou com um gol do Rio Branco contra o Foz do Iguaçu para chegar às quartas de final. No mata-mata, eliminou o Paraná em um confronto polêmico e passou pelo Londrina, nos pênaltis, para alcançar à final.

Artilheiros dos dois times

O atacante Kleber é o artilheiro do Campeonato Paranaense, com 10 gols, e está muito próximo de ser o goleador do estadual pelo segundo ano consecutivo. Já do lado atleticano, o meia Matheus Anjos, que não será titular, marcou quatro vezes.

Último confronto

A última vez que Atlético e Coritiba se enfrentaram o jogo foi marcado por muita polêmica. A partida, que deveria ter acontecido em 19 de fevereiro, foi adiada para 1º de março após o árbitro não dar início por orientação da Federação Paranaense de Futebol (FPF) após alguns profissionais não estarem credenciados. Com bola rolando, o Rubro-Negro, com time alternativo, ganhou por 2 a 0.

Opinião dos comentaristas sobre o Atletiba