Sabino - Geraldo Bubniak - AGBSabino. (Geraldo Bubniak/AGB)

O zagueiro Sabino pediu concentração desde o primeiro minuto para evitar larga desvantagem ainda no primeiro tempo. Nas partidas contra Grêmio e Santos, o Coritiba levou dois gols com menos de 30 minutos de jogo e não reverteu o placar.

“É fundamental no seu trabalho, independente de ser no futebol ou não, a concentração. Não tivemos contra Grêmio e Santos, quando sofremos dois gols. Quando leva dois gols de Grêmio e Santos fica difícil você reverter a situação. Precisa concentrar no início do jogo para não tomar gol e aproveitar as chances criadas. Para chegar à vitória, precisa criar chances. Isso está acontecendo, mas não estamos colocando a bola no fundo das redes. Temos que aproveitar as oportunidades criadas e concentrar do primeiro ao último minuto”, declarou o zagueiro.

Sabino ainda destacou que o jogo contra o Ceará será difícil pela necessidade do Coritiba recuperar os pontos perdidos em casa para o Santos. “Vai ser um jogo difícil até pelos pontos perdidos contra o Santos. Considero pontos perdidos porque na nossa casa nós temos que sair, no mínimo, com o empate e não foi o que acontecer. É uma responsabilidade a mais pelo fato de estar precisando de pontos. Torna-se um jogo mais difícil até pelo fato do Ceará marcar muito bem. Isso pode desencadear um confronto muito difícil para nós”, disse.

Nas duas últimas rodadas do primeiro tempo, o Coritiba enfrenta Ceará e Atlético-GO. Para Sabino, o clube precisa de pelo menos quatro pontos para “deslanchar no segundo turno”. “É fundamental os pontos a serem disputados e vamos trabalhar para conquistar os seis pontos. Caso não aconteça, que seja pelo menos quatro para dar uma tranquilidade a mais e a gente deslanchar no segundo turno”, afirmou.

Coritiba e Ceará se enfrentam neste sábado (24), às 19h, na Arena Castelão. Com 16 pontos, o Coxa é o 18º colocado e está na zona de rebaixamento ao lado de Athletico, RB Bragantino e Goiás.