Após o encerramento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série A, o Coritiba terminou na 17ª colocação, com 19 pontos, após vencer o Atlético Goianiense no Couto Pereira, no sábado (31), por 1 a 0. Visando uma recuperação no campeonato o time que agora será comandando pelo seu novo técnico, Rodrigo Santana, já começou a preparação para abrir o segundo turno.

Rodrigo Santana comandou o primeiro treino do Coritiba. (Divulgação/Coritiba)

O próximo adversário do Coxa é o líder Internacional, que estava há nove partidas sem perder e tropeçou após ser derrotado pelo Corinthians na última rodada, e agora quer ganhar distância do Flamengo, já que as duas equipes tem 19 jogos e 35 pontos cada. Com a dificuldade em fazer gols, o Alviverde vai precisar definir o seu ataque ideal e também o esquema de jogo, que pode variar do tradicional 4-5-1 do treinador Jorginho ou do 4-3-3, utilizando em boa parte da última partida pelo auxiliar técnico Pachequinho.

Em entrevista ao site Lance!, o novo treinador Coxa-branca falou que apesar de ter treinador durante oito anos equipes das camadas abaixo da elite brasileira e clubes de menor expressão, teve bons resultados com um time que era extremamente agressivo e um dos que mais chuva a gol.

Para encarar o Internacional, Rodrigo Santana vai poder contar com o atacante Robson, novamente à disposição, após cumprir suspensão automática diante do Atlético Goianiense. Já o meia Sarrafiore não pode jogar por questões contratuais, que envolvem o clube Colorado.