Rodrigo Pastana conquistou o quinto acesso da carreira (Geraldo Bubniak/AGB)

Contratado com a missão de devolver o Coritiba à primeira divisão, o diretor de futebol Rodrigo Pastana cumpriu o objetivo e chegou ao quinto acesso da sua carreira. Após o retorno da equipe para a Série A, o executivo destacou o sucesso no trabalho e creditou o alcance do objetivo ao foco nos resultados.

“É o quinto acesso, o quarto em cinco disputas de Série B. Quem ajuda de verdade são os caras que estão aqui dentro. Sou um cara exigente, todos que já trabalharam comigo sabem disso. Cobro bastante, tem que comprar a ideia, pois vejo o futebol como resultado e não entendo de outra forma. Acho que é por isso que eu tenha tido tanto sucesso na minha carreira”, afirmou o diretor executivo alviverde em entrevista coletiva.

Rodrigo Pastana também destacou o fato de todos no clube terem comprado a ideia e buscarem a máxima atenção aos detalhes. “Tem exemplos recentes que mostram que quem está em cima do detalhe é aquele que vai vencer. E nós vencemos por isso, eu tenho certeza. Quem comprou a ideia sabe que somos detalhistas. O Jorginho fora até o último detalhe, os funcionários também, fazem muito por nós”, disse.

O executivo também fez questão de lembrar o trabalho do técnico Umberto Louzer, que comandou o Coritiba no primeiro turno, e despistou sobre o seu futuro. “Queria lembrar do Umberto, que é um baita treinador. Todos sentiram muito por isso, mas era inevitável a troca naquele momento. Sou contra mudança no meio do campeonato, pois tem que começar do zero e se adaptar. Tudo deu certo e só temos que comemorar”, disse. “Sobre o futuro nós vamos falar lá na frente. O combinado não custa caro, como diz o ditado. Ainda vamos conversar se fico no clube ou não. Estou muito feliz com o acesso”, concluiu.