Robson assumiu a artilharia do Coritiba na Série A, com quatro gols (Geraldo Bubniak/AGB)

Quando o Coritiba entrou em campo diante do São Paulo, o Verdão ocupava a vice lanterna da Série A, mas o Coxa não conseguiu vencer o São Paulo e ficou no 1 a 1. Em bela cobrança de falta, Robson marcou abriu o placar, aos sete minutos da primeira etapa, mas na segunda etapa, Reinaldo, de pênalti aos 24 minutos deixou tudo igual.

Com o ponto conquistado, a equipe de Jorginho chegou aos 12 pontos na competição e permanece a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Verdão vai até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, na quarta-feira (07), às 19h15, em partida válida pela 14ª rodada.

O jogo

Ao contrário da última partida, o Coritiba começou atento e ligado diante do São Paulo e se utilizou de algo que a equipe paulista, costuma fazer, pressão na saída de bola e foi assim desta maneira que a equipe do Alto da Glória,  criou a primeira oportunidade de gol.  Juanfran errou na saída de bola, Gabriel roubou a bola e sofreu falta dura do espanhol, que levou o cartão amarelo na jogada. Falta na entrada da área, o artilheiro do Coritiba na temporada chamou a responsabilidade. Robson cobrou a falta com maestria e não deu chances para Thiago Volpi, belo gol que colocou o Coxa em vantagem diante do São Paulo.

Mas a equipe comandada por Fernando Diniz, se encontrou na partida e ao seu estilo, começou a envolver o Coritiba e dar trabalho para Wilson. Aos 18 minutos, Pablo recebeu lançamento e chutou para a defesa do goleiro coxa-branca e na sobra, Luciano mandou para o gol aberto, mas com a ajuda do VAR, foi identificado que Pablo estava à frente na origem da jogada e o gol foi anulado. Vinte minutos depois, outra jogada trabalhada entre Tchê Tchê e Luciano, o atacante fez o cruzamento e Gabriel Sara, chutou com muito perigo, direto para fora.

Na segunda etapa, Fernando Diniz colocou o São Paulo Brenner e Vitor Bueno, dois atacantes para tentar pressionar o Coritiba. Enquanto o Tricolor Paulista tinha a posse de bola, o Coritiba esperava um vacilo do São Paulo para armar o contra ataque e criar oportunidades de gol. O volume de jogo da equipe paulista, surtiu efeito, após boa jogada, Luciano, em posição irregular, chutou para a defesa de Wilson, na sobra Brenner mandou para o gol. Novamente, o lance foi anulado.

A pressão do São Paulo foi tenta, que a equipe paulista chegou ao empate. Aos 23 minutos, Daniel Alves cobrou a falta e a bola bateu no braço de Hugo Moura, dentro da área, pênalti marcado. Reinaldo deslocou Wilson e deixou tudo igual. Nos minutos finais, as equipes arriscaram para tentar buscar os três pontos, mas nenhuma delas conseguiu marcar o segundo gol.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1×1 SÃO PAULO

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
Data: 
Domingo, 04 de outubro de 2020
Horário: 
16h
Árbitro: 
Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: 
Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Árbitro do VAR: 
Wagner Reway (PB)
Assistentes do VAR: Rodrigo Batista Raposo (DF) e Oberto da Silva Santos (PB)

Coritiba: Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Ramón Martinéz (Matheus Bueno), Hugo Moura (Neílton), Matheus Sales, Guilherme Biro (Luiz Henrique) e Gabriel (Pablo Thomaz); Robson
Técnico: Jorginho

São Paulo: Thiago Volpi; Juanfran (Igor Vinicius), Diego, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê (Brenner), Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes (Toró), Pablo (Vitor Bueno) e Luciano (Tréllez).
Técnico: Fernando Diniz

Gols: Robson aos 7 minutos do 1ºT, Reinaldo aos 24 minutos do 2ºT
Cartões amarelos: Robson, Hugo Moura (CFC); Juanfran, Luciano, Gabriel Sara (SPO)