Artilheiro do Coritiba na temporada, com 11 gols, o atacante Robson passou em branco nos dois jogos com o Maringá, pela semifinal do Paranaense. E a falta de gols da equipe culminou na eliminação da equipe da competição. Uma queda que gerou muita bronca da torcida no Couto Pereira, no último domingo.

E o camisa 30 aceitou as críticas que vieram da arquibancada. Segundo ele, é normal essa insatisfação dos torcedores, especialmente pelo fato de o Coxa não ter chegado nem perto de buscar uma reação contra o Dogão.

“Temos que continuar trabalhando. Fizemos uma boa campanha, mas perdemos no detalhe, em dois lances cruciais. A torcida cobra, xinga, está no direito dela, e temos que dar a resposta dentro de campo. Agora é juntar forças e seguir de cabeça erguida”, disse ele, às rádios, na saída do gramado.

Série B é o foco do Coritiba

Fora do Paranaense e também da Copa do Brasil, o Coritiba tem pela frente na temporada somente a Série B. O objetivo principal do clube é o acesso e a caminhada começa entre os dias 19 e 21 de abril, quando acontece a estreia contra a Ponte Preta.

Até lá, serão mais de três semanas apenas de treinamentos. Período que Robson garante que será bem utilizado e que os jogadores vão se doar o tempo todo para recolocar o Alviverde na elite de 2025.

“Agora é continuar trabalhando, no nosso foco. Nosso principal objetivo é a Série B, não será fácil, mas vamos fazer de tudo para conseguir o acesso. Do começo ao fim vamos nos entregar em cada partida“, acrescentou o atacante.

Robson em ação em Coritiba x Maringá
Robson pediu desculpas à torcida do Coxa. Foto: Gabriel Thá/Coritiba

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Coritiba: Robson entende cobrança da torcida e promete luta pela Série B

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.