Ricardo Oliveira. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba mais uma vez foi derrotado na Série A do Campeonato Brasileiro. Desta vez, para o Ceará, o Coxa saiu na frente do placar e levou a virada do durante a partida no estádio do Castelão, em Fortaleza. O atacante Ricardo Oliveira entrou no segundo tempo e garantiu que a necessidade do clube hoje é vencer independente de jogar bem.

O camisa 9 do Verdão alertou o grupo do Coxa que não adianta mais comemorar o fato de evoluir, principalmente quando os resultados não estão acontecendo. “Nós havíamos conversando antes mesmo de sair para o aquecimento que nós reconhecemos a nossa melhora, as vezes a gente aplaude que estamos evoluindo, porém não conseguimos os resultados. Precisamos aplaudir os nossos resultados. Na nossa situação, temos que focar no resultado, não adianta evoluir e jogar bem”, disse, em entrevista ao Esporte Interativo.

“Estamos nos cobrando e está na hora de vir aqui, jogar bem e conquistar os pontos. A gente tem conversado bastante, treinado bastante, recebido orientações do Jorginho mas chegou o momento que precisamos dar a resposta dentro de campo”, acrescentou o centroavante.

Questionado sobre não estar tendo tantas oportunidades no time titular, Ricardo Oliveira comentou sobre ainda estar evoluindo fisicamente. “O meu papo com o Jorginho é de acordo com o que ele vê nos treinamentos, de acordo com que ele entende do que é melhor para o time dentro de tudo que eu passei de sete meses sem jogar e sem treinar. Estou aqui há quase um mês, me sinto bem e evoluindo a cada dia. Eu sempre me coloco a disposição dele para iniciar ou entrar durante os jogos. O mais importante é que precisamos sair dessa situação tão incômoda, não adianta aplaudir bons jogos e resultados ruins, temos que vencer e depois pensar em jogar bem”, finalizou.

Na 19ª colocação com apenas 16 pontos, o Coritiba vê os adversários abrirem uma pontuação cada vez maior da saída da zona de rebaixamento. O próximo adversário é o Atlético-GO, no  sábado (31), às 19h, no Couto Pereira.