Léo retorna ao time titular do Fluminense na partida contra o Atlético. (Divulgação/Fluminense)

Recuperado de contusão, o lateral-direito Léo garantiu estar pronto para ser titular e atuar durante toda a partida de quarta-feira diante do Atlético, na Arena da Baixada, pela ida das semifinais da Copa Sul-Americana. O jogador estava com um edema muscular, atuou no último sábado e afirmou ter plenas condições de jogo.

“Senti um pouquinho (no sábado), o que é normal pelo tempo parado por conta da lesão. Estou bem. Se vou jogar ou não, é decisão do treinador. Vou me esforçar como tenho feito. Vou dar sempre meu melhor”, declarou em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Léo foi desfalque do Fluminense nas últimas duas semanas e perdeu as quartas de final diante do Nacional-URU. No sábado, foi titular na derrota para o Vasco, mas deixou o campo aos 26 minutos do segundo tempo, sentindo um pouco a lesão. Por isso, o técnico Marcelo Oliveira pode voltar a improvisar Jadson no setor, com Airton entrando no meio de campo.

Outra opção é a entrada de Igor Julião, um dos novos inscritos do Fluminense na Sul-Americana. Nesta segunda, o clube realizou duas mudanças na lista de disponíveis para a reta final do torneio. Além do lateral, também entrou o atacante Cabezas. Saíram o lateral-esquerdo João Vitor e o lesionado centroavante Pedro.

Mesmo se não for titular, Léo garantiu um Fluminense pronto para fazer bonito em Curitiba. “As peças que entram no time estão correspondendo. Fica a decisão do treinador. Quem ele optar por começar o jogo vai dar conta do recado. O grupo está unido, focado neste jogo. Tenho certeza que vai dar tudo certo.”

O lateral também admitiu que espera um Atlético pressionando bastante nesta partida. “Sabemos que o Atlético-PR vive um bom momento. Tem grandes jogadores. Temos que focar na marcação e nas nossas qualidades. Manter a tranquilidade e esquecer o que vem de fora, pensar na gente, na nossa família, no grupo”, avaliou.