Rodrigo Pastana interessa ao Coritiba para 2019 (Felipe Dalke/Banda B)

Após o fracasso no objetivo de retornar à elite do futebol brasileiro, o Coritiba conversa com Rodrigo Pastana para assumir o cargo de executivo de futebol na próxima temporada. Responsável pela montagem do elenco que conquistou o acesso à Série A com o Paraná em 2017, dirigente pode assumir a função com a saída de Paulo Pelaipe.

A informação foi confirmada pelo presidente Samir Namur, que afirmou que Pastana se enquadra no perfil de profissional que a diretoria planeja para 2019. “Houve já conversa com o [Rodrigo] Pastana. É um profissional que na minha visão se enquadra no perfil que estamos buscando”, afirmou em participação no Balanço Esportivo da Banda B.

O interesse em contar com o executivo se dá por conta da queda do orçamento para a próxima temporada, motivo principal para a saída de Paulo Pelaipe. “A queda de receita é grande para 2019, o salário do Pelaipe todos sabem que é alto. Agora a nossa tarefa é um tanto quanto específica, que é a formação do elenco com menos dinheiro. Buscamos alguém que tenha experiência em Série B com pouco orçamento, esse é o perfil que nós buscamos”, comentou o presidente.

Outro nome que chegou a ser especulado foi de Felipe Albuquerque, atualmente no Vila Nova, que Samir Namur admitiu interesse, mas negou que tenha tido contato recente. “Nós conversamos com ele antes do Pelaipe. Foi um nome nos apresentado lá atrás. Estava empregado, talvez nem saísse do Vila Nova. Conversamos com ele, é um profissional que se encaixa perfeitamente no perfil que descrevi. Depois, não houve mais contato”, finalizou.

Rodrigo Pastana acumula dois acessos no currículo, com Guarani, para a Série B em 2016, e depois para a Série A com o Paraná na última temporada. Sem repetir o sucesso na elite, ele foi desligado do Tricolor em setembro deste ano.