Eduardo Baptista avaliou o desempenho do time fora de casa (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Eduardo Baptista reforçou que o Coritiba precisa vencer fora de casa para atingir o seu grande objetivo na temporada: retornar à Série A do Campeonato Brasileiro. Os resultados ruins estão sendo fundamentais para deixar o Coxa estabilizado no G4 da segunda divisão.

“Não fizemos uma atuação igual ao do jogo em casa. Nós precisamos corrigir isso, o Coritiba é um time de peso e precisa tomar as rédeas. Bom que temos um retrospecto forte em casa e nos deixa perto do G4. Para atingirmos os nossos objetivos, precisamos vencer fora de casa”, declarou o treinador coxa-branca.

Assim como no empate com o CSA, o Coritiba sofreu com a bola parada nos dois gols na derrota para o Guarani. “A gente trabalha bastante a bola parada e, infelizmente, levou o gol. A estratégia mudou com os gols em cada tempo e nós tentamos jogar a equipe para frente. Nós não fizemos um bom tempo, o Guarani baixou bem as linhas e nós tivemos dificuldades para penetrar”, analisou o técnico.

Após sofrer o segundo gol, o comandante alviverde colocou o meia Yan Sasse e os atacantes Pablo, como lateral-direito, e Jonatas Belusso. Ele explicou as três substituições. “Do lado que estava jogando o Kiss, o Denner não estava acompanhando e dava para fazer a dobra. Queríamos dar mais intensidade com o Pablo e o Parede. O Pablo treina de lateral-direito e queríamos forçar mais por aquele lado”, disse

“O Simião fez uma boa partida em Maceió e o gol foi muito parecido com o do CSA. As trocas foram para colocar o time para frente. Abri mão dos volantes e tentei colocar mais um homem na área. Não tinha porque tirar o Bruno”, acrescentou Baptista.

Assista à entrevista do técnico Eduardo Baptista: 

Entrevista do técnico Eduardo Baptista após derrota para o Guarani por 2 x 1.

Posted by Portal Banda B on Monday, July 9, 2018