Por Guilherme Coimbra

Com a cansativa sequência de jogos nesta semana, um dos problemas do Coritiba para o duelo contra o Atlético Nacional, nesta quarta-feira (26), em Medellín, será lutar contra o próprio desgaste físico. Sem poder contar com Nery Bareiro lesionado e Juan, vetado pelo departamento médico já na Colômbia, o técnico Paulo César Carpegiani afirmou que será cauteloso com a formação inicial da equipe, visando as futuras substituições no decorrer da partida.

CarCarpegiani faz mistério na escalação, mas garante que não quer queimar substituições com jogadores desgastados (Divulgação/Coritiba)

Algumas horas separaram o empate com o Fluminense, no domingo (23), da cansativa viagem para Medellín, na madrugada de segunda-feira. O curto intervalo e o cansaço de um jogo para outro, da rotina de treinos e do pouco período para descansar trouxe também alguns problemas para a equipe. O zagueiro Nery Bareiro sequer viajou. Já em solo colombiano, o meia Juan sentiu o joelho e foi vetado, preocupando ainda mais Carpegiani, que garantiu não arriscar com jogadores desgastados para depois ser forçado a queimar substituições.

O Juan está com o joelho bastante inchado, está fora. Temos outras preocupações, por exemplo, o retorno do Kleber, que não reúne as condições ainda para 90 minutos e seria uma substituição. A outra preocupação é com o Leandro, que hoje está no seu limite. Vamos aguardar para sabermos como vamos fazer. Poderia usar, mas seria uma segunda substituição. E têm alguns outros jogadores que preocupam também. Nesse jogo o que não podemos é ficar com as mãos amarradas, não ter a condição de fazer uma substituição por ordem tática e simplesmente por lesão. Isso sem contar a possibilidade de você ter algum machucado”, disse o treinador. “Essa sequência de jogos tem nos desgastado e o Coritiba não é diferente das demais equipes, sente também um desgaste muito grande de jogos sucessivos”, completou.

Sem poder contar com o experiente meio-campista, o treinador confirmou Ruy como substituto na posição. Para o ataque, Carpegiani estuda uma opção em busca de um dos pontos fortes da equipe: as jogadas pelo alto. “No lugar do Juan, eu vou colocar o Ruy. Eu quero uma equipe bastante movediça, que tenha poder de criatividade. Vou modificar o meio, sim. Ele tem sido bastante desgastado. E vamos apostar também na bola alta. Estou colocando um jogador com esse tipo de característica para saber se teremos aproveito”, afirmou.

O Coritiba vai encarar o Atlético Nacional nesta quarta-feira (26), às 21h45, no Atanasio Girardot, em Medellín, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. O jogo de ida terminou empatado no Couto Pereira por 1 a 1.