Coritiba segue com autorização para treinar no CT da Graciosa. (Divulgação/Coritiba)

A Prefeitura de Colombo publicou o Decreto 041/2020, que entra em vigor a partir desta terça-feira (23) e tem validade por 14 dias, com medidas mais restritivas para combater à Covid-19. Entretanto, a decisão não afeta os treinamentos do Coritiba, que trabalha desde o dia 25 de maio no CT da Graciosa.

De acordo com o Dr. Antoninho Barth, secretário de Saúde de Colombo, os treinos do Coritiba seguem liberados. “Não vamos ter modificação nenhuma no treinamento do Coritiba. Somos contra as aglomerações, esportes de contato e tudo mais. O Coritiba está treinando apenas individualmente, com preparo físico, e está tomando os cuidados”, explicou, em entrevista à Banda B.

Entretanto, o secretário descartou qualquer liberação dos treinos coletivos nas próximas duas semanas. “Treinamento coletivo está fora de qualquer cogitação no momento. Qualquer esporte de contato no momento não está nas nossas previsões pelo menos nos próximos 15 dias”, disse.

O Coritiba foi o primeiro clube paranaense a retornar aos treinamentos no CT da Graciosa no dia 25 de maio. Antes da volta, 50 pessoas foram testadas para o novo coronavírus e ninguém testou positivo. Já a segunda bateria de testes aconteceu na semana retrasada com 64 funcionários e dois deles foram diagnosticados com a doença. Ambos já estão recuperados e retomaram as suas atividades.

Ainda não tem uma previsão de retorno do Campeonato Paranaense. Quando a bola voltar a rolar, o Coritiba disputa as quartas de final do estadual contra o Paraná. A ida será realizada na Vila Capanema e a volta acontecerá no Couto Pereira.