Ouça o áudio

Com a conquista do campeonato paranaense, o técnico Ney Franco ganhou vitrine nacional. Tanto que ele foi procurado para assumir o time do Goiás, mas recusou a proposta. “Realmente eu tive uma sondagem do Goiás, mas eu vou manter meus contratos. Eu tinha um contrato com o Coritiba até o final do estadual, mas ele foi extendido. Então do que depender da minha parte a gente vai ficar aqui até o final da temporada, pra tentar colocar o Coritiba no lugar dele, que é na Série A do futebol brasileiro. E eu quero fazer parte deste projeto”, disse o treinador.

Mesmo que o jogo de sábado contra o Cascavel, pela última rodada do Paranaense, não valha nada, Ney Franco vai colocar força máxima em campo para preparar a equipe para a Série B. “A gente já retornou aos trabalhos ontem. A tendência é não usar apenas aqueles jogadores que estão suspensos, que é o caso do Jéci e do Donizete. Até porque nossa estreia no Campeonato Brasileiro está próxima, então dentro do nosso planejamento a gente vê esse jogo de sábado como mais uma preparação”.

Ney Franco diz que só poupará jogadores que acabaram se machucando. “Claro que vamos ouvir o departamento médico para saber se tem algum jogador com problema de dores musculares”, finalizou.

No jogo de sábado, Ney Franco não comandará a equipe do banco de reservas. Ele pediu dispensa para a diretoria do Coritiba para resolver problemas particulares. Em seu lugar, Marquinhos Santos dirige o time contra o Cascavel.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Ney Franco confirma que recusou proposta do Goiás

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.