Foto: Geraldo Bubniak/AGB

O elenco do Coritiba foi muito elogiado por seu comandante após a goleada por 6×1 diante do União, na tarde deste sábado (8). O resultado fez com que a equipe coxa-branca assumisse a liderança provisória do Campeonato Paranaense, com 14 pontos. O time de Eduardo Barroca também possui agora o melhor ataque da competição.

“Hoje tivemos uma boa atuação e conseguimos um placar elástico. Além dos gols, conseguimos criar muitas chances, mesmo no primeiro tempo e foi muito bom em termos de agressividade, controle e pressão na marcação”, afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Apesar da crescente em campo e da invencibilidade há dezenove partidas, Barroca admitiu que a equipe ainda mostra falhas e que pode evoluir nas próximas semanas, principalmente diante do Manaus, pela primeira fase da Copa do Brasil.

“Não estamos ainda no nosso ideal, precisamos melhorar questões a longo prazo, dentro daquilo que eu imagino. Estamos em constante evolução, mas ainda estamos distante daquilo que o Coritiba pode atingir nesta temporada”, disse Barroca. “Se formos pegar números, sofremos gols de equipe que nos agrediram muito pouco, logo nos primeiros. Precisamos estar prontos para quando o adversário chegar ao nosso gol. Isso é mais responsabilidade minha que dos jogadores”, acrescentou.

Elenco

Na coletiva, Eduardo Barroca também analisou várias peças que ele tem utilizado neste começo de ano pelo Coritiba. Ainda não defini qual time jogará na quarta-feira [contra o Manaus], mas o Ruy merece entrar na briga. Ele trabalhou muito sério para buscar seu espaço. Talvez seja o maior ganho físico nesse curto espaço de tempo”, analisou.

Rafinha também foi muito elogiado pelo comandante alviverde. “Ele é um jogador que já me fez sofrer muito quando eu jogava contra ele. A característica do Rafinha tem tudo a ver com que eu penso sobre futebol. Ele é um jogador muito criativo, corajoso e bem ofensivo”, finalizou.